Sócrates


Sócrates Brasileiro Sampaio de Souza Vieira de Oliveira (19/2/1954-), nascido em Belém, Pará, até os 24 anos de idade tem seu o talento de jogador restrito ao Botafogo de Ribeirão Preto. É numa partida de estréia contra o Santos que começa a ser reconhecido. De um clube grande para a Seleção foi um pulo, dado com dois gols (5 x 0) sobre o Ajax, da Holanda. Depois, com a Copa de 1982, encanta o mundo como capitão ao lado de Falcão e Zico, mesmo perdendo a taça. No Corinthians, retribui a confiança dada com três títulos paulistas e um bi, graças a seus gols. No exterior desencanta-se com o futebol na rápida passagem pela Fiorentina da Itália. Na última Copa que disputou (1986, no México), já não era mais o mesmo. O "Doutor Fantástico" ainda passou pelo Flamengo e pelo Santos sem deixar marcas. Depois dos 30 anos, seu físico não respondia aos comandos de seu cérebro genial com a mesma eficiência. Para quem o viu jogar em forma, a saudade foi ainda maior.


publicado por LUCIANO às 08:29