ELIZABETH II


Rainha do Reino Unido (21/4/1926-). Elizabeth Alexandra Mary de Windsor nasce em Londres e recebe cuidadosa educação, estudando principalmente história, línguas e música. Em 1936, torna-se herdeira do trono quando o tio, o rei Eduardo VIII, para poder casar-se com uma norte-americana divorciada, abdica ao trono em favor do pai de Elizabeth, o príncipe Albert Frederick Arthur George, duque de York, que passa a reinar com o nome de George VI. Em 1947, casa-se com Philip de Mountbatten, duque de Edimburgo e primo distante. George VI tem saúde delicada e, a partir de 1951, a filha o representa em compromissos oficiais. Em 1952, ele morre e, no ano seguinte, ela é coroada e sai em viagem de seis meses pela Commonwealth, conjunto dos países que integram o Império Britânico. Durante seu reinado, prossegue o processo de emancipação de numerosas colônias, que, embora adquirindo independência, permanecem ligadas à Comunidade Britânica. A Índia tinha sido a primeira a se tornar independente, em 1947. Em 1948 fora a vez da Birmânia e da Irlanda; em 1961 ganha autonomia a África do Sul; em 1972, o Paquistão. Rainha moderna, Elizabeth II permite que a vida doméstica da realeza seja filmada pela primeira vez em 1970 e aceita o divórcio da irmã em 1978. Tem quatro filhos, o príncipe Charles, herdeiro do trono, a princesa Anne e os príncipes Andrew e Edward. Em dezembro de 1997, Elizabeth II toma outra iniciativa histórica. Pela primeira vez um monarca britânico concorda em abrir para exame público os arquivos de contas da casa real e mostrar aos contribuintes como são gastos os recursos em lugares como o Palácio de Buckingham ou o Castelo de Windsor. Em 2002, perde sua mãe, a rainha Elizabeth Bowes-Lyon. Em 2003 comemora os 50 anos de sua coroação.



publicado por LUCIANO às 08:19