ANTÔNIO BORGES DE MEDEIROS

Político gaúcho. Governador do seu estado em diversos mandatos, tem papel de destaque na Revolução de 1930. Antônio Augusto Borges de Medeiros (19/11/1864 - 25/4/1961) nasce em Cachoeira do Sul, onde estuda o primário e o secundário. Começa em São Paulo o curso de direito, que conclui no Recife, em 1885. De volta à cidade natal, trabalha como advogado até ingressar na política pelo Partido Republicano, em 1887. Deputado constituinte em 1890, apóia o presidente Floriano Peixoto na Revolta Federalista de 1893. Assume pela primeira vez o Executivo gaúcho em 1898 e, com pequenas interrupções, mantém-se no cargo até 1908. Volta ao governo cinco anos depois e se reelege duas vezes consecutivas, em 1917 e 1922. Como presidente estadual do Partido Republicano gaúcho, tem importante papel na Revolução de 1930, movimento político-militar que derruba o presidente Washington Luis e leva Getúlio Vargas ao poder. Alia-se logo depois, porém, ao movimento pela convocação de uma assembléia nacional constituinte para a redemocratização do país. Com o apoio dos políticos gaúchos Flores da Cunha e Raul Pilla, do Partido Liberal, organiza o movimento de solidariedade ao Partido Democrático de São Paulo, que reivindica a mesma causa. Liga-se ao movimento dos paulistas na Revolução Constitucionalista de 1932, opondo-se ao governo federal. Com o fracasso do movimento, é preso e confinado no Recife. Anistiado pelo governo de Getúlio Vargas, elege-se deputado à Assembléia Constituinte em 1934. Abandona a política com a instalação do regime do Estado Novo em 1937.



publicado por LUCIANO às 06:16