FRANCISCO DE PAULA RODRIGUES ALVES

Político paulista. Presidente da República de 1902 a 1906, durante o seu governo ocorre a Revolta da Vacina.Francisco de Paula Rodrigues Alves (7/7/1848-16/1/1919) nasce em Guaratinguetá, filho de portugueses, ricos proprietários de terra. Terceiro de 13 filhos, é o único a estudar na corte. No Colégio Pedro II, considerado o melhor de Lisboa, tem Joaquim Nabuco como colega de classe e Joaquim Manoel de Macedo como professor de história. Durante os seis anos de curso, é cinco anos o primeiro aluno da classe. Forma-se em direito em São Paulo antes de ingressar na vida pública, em 1872, como deputado provincial pelo Partido Conservador. Em 1887 chega à Presidência da província de São Paulo, cargo que voltaria a ocupar em 1900 e 1916. Após a Proclamação da República, é deputado constituinte, em 1890, e ministro da Fazenda duas vezes, no governo de Floriano Peixoto e no de Prudente de Morais. Eleito presidente da República, em 1902, dá continuidade à política de valorização do cultivo do café. Mantém as finanças do país, constrói estradas de ferro e portos e propõe-se a reurbanizar e a sanear o Rio de Janeiro. Fracassa em relação a esta última proposta, no que diz respeito à vacinação em massa da população contra a varíola. Instituída de forma autoritária, e sem o esclarecimento da opinião pública, a campanha preventiva provoca a rebelião popular conhecida como a Revolta da Vacina (1904). Volta a ser eleito novamente para a Presidência, em 1918, mas contrai a gripe espanhola e morre em janeiro de 1919, sem tomar posse.



publicado por LUCIANO às 19:35