Maurice Ravel


Compositor francês (7/3/1875-28/12/1937). Considerado o mais clássico dos compositores modernos franceses, apresenta no início da carreira a mesma qualidade artística das obras da maturidade. Joseph-Maurice Ravel nasce em Cibourne e, aos 3 meses de idade, muda-se com sua família para Paris. Inicia cedo os estudos de música e, aos 14 anos, começa a freqüentar o Conservatório de Paris. As primeiras apresentações de seus trabalhos, em 1898, não agradam aos críticos. Em 1891, fica em segundo lugar no Prêmio de Roma de composição, mas é sistematicamente preterido nas reedições do concurso, mesmo apresentando obras de reconhecido valor técnico e artístico. Dominado pelo conservadorismo, em 1905, o júri o declara inelegível. Pelo estilo, harmonia e temática, é freqüentemente associado ao impressionista Debussy, mas diferencia-se deste por sua atração pelas estruturas abstratas da música. Introduz inovações revolucionárias na arte da orquestração. Fica famoso com obras para orquestra, como Rapsódia Espanhola (1908) e pelos balés Bolero (1928) e Daphnis e Chloé (1912). Em 1932, por causa um desastre de automóvel, sofre um colapso nervoso do qual nunca se recupera. Morre em Paris.



publicado por LUCIANO às 14:16