Vitor Meireles

Pintor catarinense. Um dos principais pintores históricos brasileiros, é autor da tela A Primeira Missa no Brasil (1861).Vítor Meireles Lima (18/8/1832-22/3/1903) nasce em Desterro, atual Florianópolis. Recebe as primeiras aulas de pintura ainda na infância, do artista argentino Marciano Moreno. Com os estudos custeados pelo conselheiro Joaquim Francisco Coelho, matricula-se, em 1847, na Academia Imperial de Belas-Artes, no Rio de Janeiro, na qual freqüenta o curso de pintura histórica. Em 1852 conquista o prêmio da Academia Imperial com a tela São João Batista no Cárcere e recebe uma bolsa para estudar na Europa. Fixa-se em Roma em 1853 e, mais tarde, muda-se para Milão e, depois, para Paris. No exterior executa uma de suas principais obras, A Primeira Missa no Brasil (1861), apresentada no Salão de Paris. Retorna ao Brasil no mesmo ano e é nomeado titular da cátedra de pintura histórica da Academia Imperial, cargo que exerce até 1890. No período, produz as obras Moema (1863), A Batalha dos Guararapes (1875) e Juramento da Princesa Isabel (1875) e recebe a encomenda oficial das telas O Combate Naval de Riachuelo (1866) e A Passagem de Humaitá (1866). Também leciona no Liceu de Artes e Ofícios do Rio, onde renova os métodos do ensino de desenho. Além da pintura histórica, dedica-se aos retratos - entre os quais se destacam os de dom Pedro II e os da imperatriz Teresa Cristina - e aos temas sacros, como a tela Flagelação de Cristo. Inicia, em 1875, a pintura de um panorama circular sobre o Rio de Janeiro que permite a um espectador imóvel, ao olhar através de um cilindro giratório, contemplar as imagens. Morre no Rio, aos 70 anos.

publicado por LUCIANO às 14:47