Tomé de Sousa


Militar e administrador colonial português. É o primeiro governo geral do país e fundador da cidade de Salvador.Tomé de Sousa (1502? - 1573?) nasce em Lisboa, em uma família da nobreza local. Entre 1527 e 1532 serve numa base portuguesa na costa norte do Marrocos e, três anos mais tarde, comanda a nau Conceição em missão à Índia. A prudência e o tino político demonstrados nessas missões ajudam a impulsionar sua carreira. Com o fracasso das capitanias hereditárias, é nomeado para o governo geral da colônia, com sede na Bahia. Parte de Portugal em 1º/2/1549, acompanhado por mil homens, entre colonos, 600 degredados e seis jesuítas liderados pelo padre Manuel da Nóbrega. Traz consigo longas instruções para garantir a posse da nova terra, colonizá-la e organizar as rendas da Coroa. Cria cargos como o de ouvidor (responsável pela justiça), o de capitão-mor (encarregado de vigiar a costa) e o de provedor-mor (responsável pelo controle da arrecadação e de seu crescimento). Funda a nova capital da Bahia, Salvador, e manda construir casas cobertas de palha, cercadas por uma paliçada, depois substituída por uma muralha de taipa. Em 1550 ordena a inspeção das capitanias do sul, visitando-as pessoalmente três anos depois. Melhora as fortificações da costa, distribui terras e passa a administrar o comércio com os índios. Volta a Portugal em 1553 e é nomeado provedor da Fazenda.

publicado por LUCIANO às 05:01