Murilo Mendes


Poeta mineiro. Expoente do modernismo, é um dos mais importantes autores de poesia mística, junto com Jorge de Lima.Murilo Monteiro Mendes (18/5/1901-14/8/1975) nasce em Juiz de Fora. Muda-se em 1920 para o Rio de Janeiro, onde adere ao movimento modernista. Em 1934 converte-se ao catolicismo. Em 1959 torna-se adido cultural na embaixada do Brasil em Roma e dá aula de literatura brasileira nessa cidade e em Pisa. Sua obra se divide em várias fases. Da primeira, marcadamente modernista, fazem parte os livros de poesia Poemas, Bumba-Meu-Poeta (ambos de 1930) e História do Brasil (1932). Em Tempo e Eternidade (1935), escrito em colaboração com Jorge de Lima, nota-se a influência da religiosidade. Na fase seguinte o sentimento religioso mescla-se com a sensualidade erótica, como em As Metamorfoses (1944). Até o fim da década de 50 sua preocupação maior é com a linguagem, muitas vezes eloqüente. Um exemplo dessa fase é Siciliana (1954-1955). Em 1994, 19 anos após sua morte, em Lisboa, é publicado o livro Murilo Mendes - Poesia Completa e Prosa (1925-1975), com edição crítica da filóloga e historiadora italiana Luciana Stegagno Picchio.



publicado por LUCIANO às 19:16