mais sobre mim

subscrever feeds

tags

todas as tags

Visitas Hoje

Sábado, 09 DE Fevereiro DE 2008

Stendhal


Pseudônimo do escritor francês Marie-Henry Beyle (23/1/1783-23/3/1842). Embora não tenha obtido pleno reconhecimento em vida, sua obra exerce muita influência sobre a literatura francesa posterior. Marie-Henry Beyle, que fica conhecido como Stendhal, nasce em Grenoble. Muda-se para Paris e, como subtenente, luta com as tropas de Napoleão na Itália. Em 1810 torna-se auditor do Conselho de Estado e participa da campanha da Rússia. Em 1814, com a queda de Napoleão, muda-se para Milão, na Itália, lugar que o fascina e onde vive até 1821. Retorna a Paris e fica conhecido nos meios literários como historiador de arte italiana e biógrafo de artistas. Grande parte de seu trabalho é publicado postumamente. Sem conseguir sucesso na literatura, ganha a vida em outras atividades. Em 1827 escreve o primeiro livro, Armance, no qual já está presente uma marca de suas histórias: a luta do indivíduo contra as adversidades. O seguinte, O Vermelho e o Negro (1830), é considerado sua primeira grande obra. Outro romance é La Chartreuse de Parme (A Cartuxa de Parma, 1839). Deixa ainda coletâneas de novelas e contos, narrativas de viagens e memórias. Morre em Paris, de um ataque de apoplexia.

tags:
publicado por LUCIANO às 17:36
Sábado, 09 DE Fevereiro DE 2008

Stéphane Mallarmé


Poeta francês (18/3/1842-9/9/1898). Stéphane Mallarmé é um importante nome do simbolismo na poesia francesa. Influenciado por Charles Baudelaire, valoriza o artifício de inverter a sintaxe das frases para ressaltar a dificuldade como elemento principal. Nasce em Paris e, em 1862, vai para Londres especializar-se em inglês. Volta a Paris um ano depois e funda, em 1874, a revista A Última Moda, na qual escreve sobre estética literária. Colabora no jornal Le Parnasse Contemporain, criando os poemas da primeira fase de sua carreira, influenciado por As Flores do Mal, de Baudelaire, editado na mesma época. No Parnasse mostra poemas que se tornam famosos, como A Tarde de um Fauno, cuja inversão sintática atinge a incompreensão, na opinião de editores que se recusam a lançar a obra. Em 1897 publica na revista Cosmopolis o poema Um Lance de Dados Jamais Abolirá o Acaso, considerado seu trabalho mais importante, que ocupa o espaço de uma página dupla e é composto em caracteres e tamanho de letras diferentes, podendo ser lido de inúmeras formas simultaneamente. A obra é uma metáfora da consciência e suas dúvidas e indagações. Morre em Valvi.


publicado por LUCIANO às 17:23
Sábado, 09 DE Fevereiro DE 2008

Stephen Hawking


Físico teórico inglês (8/1/1942-). Considerado um dos cientistas mais brilhantes deste século por seus estudos sobre a origem do Universo. Stephen William Hawking nasce na cidade de Oxfordshire e estuda física no University College, em Oxford. Depois da graduação, em 1962, se especializa em astronomia e cosmologia e é nomeado pesquisador associado do Gonville e Caius College, em Oxford. Em 1965 casa-se com Jane Wilde. No final da década, começa a desenvolver a doença de Lou Gehrig (nome do jogador norte-americano de beisebol que morre vitimado pelo mal em 1941). O tipo raro de esclerose neuromuscular degenerativa paralisa, gradativamente, todos os seus músculos e o obriga a usar cadeira de rodas e a recorrer a ajuda de computador para se comunicar, mas não o impede de continuar pesquisando. Em 1974 constata que os buracos negros podem emitir partículas na forma de radiações térmicas, chamadas então de radiações Hawking. Nesse mesmo ano, passa a ser um dos mais novos associados da Royal Academy of Science inglesa. Em 1979 assume a mesma cadeira de matemática ocupada por Isaac Newton. Seu livro de 1988, Uma Breve História do Tempo: do Big Bang aos Buracos Negros, torna-se um best-seller internacional, assim como O Universo numa Casca de Noz, de 2001. Está separado da mulher desde 1990. Em outubro de 2000 participa da abertura dos 11º Jogos Para-olímpicos, em Sydney, capital da Austrália.



publicado por LUCIANO às 17:20
Sábado, 09 DE Fevereiro DE 2008

Steven Spielberg


Cineasta norte-americano (18/12/1947-), considerado um mago das bilheterias: três dos dez filmes mais bem-sucedidos do cinema são seus. Nasce em Cincinnati, Ohio. De origem judaica, ganha a primeira filmadora aos 12 anos e cria histórias de ficção. Aos 19, freqüenta os estúdios da Universal fazendo-se passar por sobrinho de um executivo. Seu primeiro filme é o suspense Encurralado (1971), um êxito de crítica e público. Em 1975, estoura como produtor e diretor do megassucesso Tubarão. Na década de 90, cria a Industrial Light Magic, empresa especializada em tecnologia para efeitos especiais, como os programas de computador que dão vida aos répteis de Parque dos Dinossauros (1993), o qual arrecada quase 900 milhões de dólares em todo o mundo. Entre seus maiores sucessos destacam-se Contatos Imediatos de Terceiro Grau (1977) e Caçadores da Arca Perdida (1982), este em parceria com o diretor George Lucas e primeiro da série de três filmes cujo personagem principal é o arqueólogo Indiana Jones. A consagração acontece em 1994, quando A Lista de Schindler (1993) ganha sete Oscars da Academia de Hollywood, entre eles o de melhor direção. Só nos Estados Unidos, o filme arrecada US$ 100 milhões. Em 1998, Spielberg lança o épico ambientado na II Guerra Mundial O Resgate do Soldado Ryan, sucesso de crítica e público que lhe vale outra vez o Oscar de melhor direção. Volta à ficção científica em 2001, com A.I. Inteligência Artificial, filme que nasceu como um projeto de Stanley Kubrick, e em 2002, com Minority Report – A Nova Lei. No final de 2002 lança Pegue-me se for Capaz, aventura passada nos anos 60. Atua como produtor executivo desde 1978, e assim está ligado a algumas das maiores bilheterias das ultimas décadas, como Shrek e as séries Jurassic Park e Homens de Preto, além de programas de TV. Spielberg planeja o quarto episódio da série Indiana Jones para 2005.



publicado por LUCIANO às 17:16
Sábado, 09 DE Fevereiro DE 2008

T.S. Eliot


Poeta, crítico e dramaturgo norte-americano naturalizado inglês (26/9/1888-4/1/1965). Considerado um dos principais nomes da poesia moderna de língua inglesa. Nascido em Saint Louis, Missouri, Thomas Stearns Eliot estuda nas universidades de Harvard (EUA), Oxford (Inglaterra) e Sorbonne (França). Em 1915, desencantado com a vida cultural dos EUA, muda-se para Londres, onde trabalha no Lloyds Bank durante sete anos. Em 1917 publica A Canção de Amor de John Alfred Prufrock, de influência simbolista. Seus ensaios em The Sacred Wood (1920) iniciam uma revolução nos critérios da análise literária. O reconhecimento internacional é alcançado com A Terra Devastada (1922), sua obra-prima. É uma longa descrição poética da Europa desolada do pós-guerra e uma síntese dos grandes momentos da civilização ocidental. Além dos simbolistas franceses, o escritor italiano Dante Alighieri influencia sua obra, que explora os mecanismos da consciência. Em 1927 naturaliza-se inglês e converte-se ao anglicanismo. Recebe o Prêmio Nobel de Literatura em 1948. Escreve as peças Murder in the Cathedral (1935), The Family Reunion (1939) e The Elder Statestman (1958), entre outras.



publicado por LUCIANO às 12:51
Sábado, 09 DE Fevereiro DE 2008

Tales de Mileto


Filósofo grego (625 a.C.?-546 a.C.?). Considerado o primeiro filósofo grego, introduz a geometria na Grécia. Nasce em Mileto, na Ásia Menor, atual Turquia, e entre 600 a.C. e 550 a.C. comercializa azeite nas cidades do litoral do Mediterrâneo. Em suas andanças, conhece as obras de vários matemáticos e astrônomos da região. Ao aposentar-se, dedica-se à matemática e estabelece os primeiros postulados básicos da geometria. Estuda retas e ângulos e faz demonstrações formais rigorosas sobre a geometria do círculo e do triângulo isósceles. A ele se atribui o cálculo da altura de uma pirâmide baseado no comprimento de sua sombra, em determinado horário do dia e dependendo da posição do sol. Na filosofia, defende a existência da água como substância fundamental e princípio de tudo, elemento que origina o movimento e a transformação da vida. Antes dele, todas as explicações sobre o universo baseavam-se em mitologia. Suas idéias filosóficas são conhecidas graças à obra Metafísica, de Aristóteles, porque nenhum de seus escritos sobrevive.



publicado por LUCIANO às 12:47
Sábado, 09 DE Fevereiro DE 2008

Tancredo Neves


Político mineiro. Sua eleição para a Presidência da República pelo colégio eleitoral, em 1985, marca o fim do Regime Militar de 1964.Tancredo de Almeida Neves (4/3/1910 - 21/4/1985) nasce em São João del Rei, forma-se pela Faculdade de Direito de Minas Gerais (1932) e inicia a carreira política como vereador em sua cidade natal, em 1933. Elege-se deputado estadual em 1945 e federal em 1950. Nomeado ministro da Justiça do governo Getúlio Vargas, em 1953, renunciou ao cargo no dia da morte do presidente. No governo Juscelino Kubitschek, atua como presidente do Banco do Brasil e do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico (BNDE). Com a renúncia de Jânio Quadros, em 1961, é nomeado e torna-se primeiro-ministro no regime parlamentarista de 8/9/1961 a 12/7/1962. Em outubro desse ano, elege-se deputado federal. Após o golpe militar de 1964, filia-se ao Movimento Democrático Brasileiro (MDB) e elege-se para a Câmara em 1966, 1970, 1974 e para o Senado em 1978. Com o fim do bipartidarismo, torna-se um dos fundadores do Partido Popular (PP), partido que depois se fundirá ao PMDB. Em 1982, elege-se governador de Minas Gerais pelo PMDB. Sua candidatura a presidente surge como alternativa quando a emenda Dante de Oliveira, que previa o restabelecimento das eleições diretas para a Presidência, é derrotada em 25/4/1984. Elege-se em 1985, mas em 14/3/1985, véspera da posse, é internado no Hospital de Base de Brasília com dores no abdome. Dias depois é transferido para o Instituto do Coração, em São Paulo. Após ser submetido a sete cirurgias, morre no dia 21 de abril, de infecção generalizada. Em seu lugar assume a Presidência da República o vice José Sarney.


publicado por LUCIANO às 12:44
Sábado, 09 DE Fevereiro DE 2008

Tarcísio Meira


Ator paulista. Protagonista da primeira telenovela diária brasileira, já interpretou mais de 75 personagens na televisão, no cinema e no teatro. Tarcísio Magalhães Sobrinho (5/10/1935-) nasce em São Paulo em uma família de classe média. Aos 22 anos, é reprovado no exame do Instituto Rio Branco e desiste de seguir a carreira diplomática. Dois anos depois, recebe convite do ator e diretor Sérgio Cardoso para contracenar com ele em O Soldado Tanaka. A partir daí, apresenta-se em várias montagens no teatro, entre elas Chá e Simpatia e Quando as Paredes Falam. Estréia na televisão em 1961, fazendo papéis secundários. Em 2-5499 Ocupado (1963), a primeira telenovela diária do país, atua ao lado de sua mulher, a atriz Glória Menezes. A dupla protagoniza a seguir telenovelas de grande apelo popular, como Irmãos Coragem (1970/1971) e O Semideus. Na década de 70, trabalha intensamente no cinema. Destaca-se em Independência ou Morte (1972), de Carlos Coimbra, no papel de dom Pedro I, e em O Marginal (1974), de Carlos Manga. Participa da consagrada novela policial do cinema brasileiro, O Descarte, dirigida por Anselmo Duarte. Filma ainda A Idade da Terra (1980), de Glauber Rocha, e Amor, Estranho Amor (1982), de Walter Hugo Khouri. Em 1983, interpreta pela primeira vez um papel cômico, na telenovela Guerra dos Sexos. Tem atuação marcante nas minisséries O Tempo e o Vento, como o romântico capitão Rodrigo; e Grande Sertão: Veredas, na qual representa Hermógenes, chefe do bando que mata Diadorim, personagem central do romance de Guimarães Rosa. Em 1986, encena com Glória Menezes a peça Um Dia Muito Especial, adaptação para os palcos do filme do diretor italiano Ettore Scola, na qual vive um homossexual perseguido pelo fascismo. No mesmo ano, estrela um dos principais filmes de Khouri, Eu, no papel de um homem rico obcecado por mulheres. Em 1987, faz o vilão Renato Villar na telenovela Roda de Fogo, um de seus maiores sucessos. Na minissérie A Muralha (2000) é bastante elogiado pela encenação do perverso Dom Jerônimo. Para que sua interpretação ganhe maior dramaticidade, utiliza uma máscara de silicone. Em 2002, interpreta o papel de um vampiro na novela O Beijo do Vampiro, da Rede Globo.

publicado por LUCIANO às 12:41
Sábado, 09 DE Fevereiro DE 2008

Tarsila do Amaral


Artista plástica paulista. Autora de Abaporu, quadro que inaugura o movimento antropofágico nas artes plásticas na década de 20. Tarsila do Amaral (1890 - 17/1/1973) nasce em Capivari e começa a estudar pintura em 1917, com Pedro Alexandrino. Na França, para onde viaja em 1920, freqüenta a Académie Julien e participa do Salão Oficial dos Artistas Franceses de 1922, criando técnicas influenciadas pelo cubismo. De volta ao Brasil, une-se a Anita Malfatti, Menotti del Picchia, Mário de Andrade e Oswald de Andrade, formando o chamado Grupo dos Cinco, que defende as idéias da Semana de Arte Moderna de 1922. Em 1926 casa-se com Oswald de Andrade e realiza a primeira exposição individual, na Galeria Percier, em Paris. Em 1928 pinta Abaporu e outras obras com fortes características primitivistas e nativistas que passam a ser associadas aos movimentos pau-brasil e antropofágico, idealizados pelo marido. A partir de 1933 desenvolve uma pintura mais ligada a temas sociais, da qual são exemplos as telas Os Operários e Segunda Classe. Expõe na 1ª e na 2ª Bienal de São Paulo e tem uma retrospectiva no Museu de Arte Moderna (MAM) paulista em 1960. É tema de sala especial na Bienal de São Paulo de 1963 e, no ano seguinte, apresenta-se na 32ª Bienal de Veneza. Morre em São Paulo.

publicado por LUCIANO às 12:38
Sábado, 09 DE Fevereiro DE 2008

Telê Santana


Ex-técnico da Seleção Brasileira de Futebol e bicampeão mundial inteclubes pelo São Paulo Futebol Clube. Telê Santana da Silva (26/7/1931-2006) nasce em Itabirito, Minas Gerais. Depois de jogar em pequenos times mineiros, chega ao Rio de Janeiro em 1949 para tentar a sorte num clube grande. Aos 19 anos, fixa-se como ponta-direita do juvenil do Fluminense. Em 1951 consegue lugar no time profissional e nele joga até 1961. Passa ainda pelo Guarani de Campinas, pelo Madureira e pelo Vasco da Gama, ambos clubes cariocas, até encerrar a carreira como jogador, em 1965. Dois anos depois, torna-se técnico do time infanto-juvenil do Fluminense, com o qual é campeão em 1967. Em 1969, à frente do time profissional, sagra-se campeão carioca. A partir daí, constrói uma trajetória repleta de títulos. Pelo Atlético Mineiro (MG), são dois campeonatos estaduais (1970 e 1988) e um nacional (1971); pelo Grêmio (RS), um campeonato estadual (1977). Pelo São Paulo (SP), clube em que atinge o auge da carreira, conquista um bicampeonato estadual (1991 e 1992), um campeonato brasileiro (1991), um bicampeonato na Copa Libertadores da América (1992 e 1993), um bicampeonato da Recopa Sul Americana (1993 e 1994), um bicampeonato mundial interclubes (1992 e 1993), um campeonato da Supercopa Libertadores (1993) e um da Conmebol (1994). Telê dirige a seleção brasileira de futebol nas Copas de 1982 e 1986, nas quais obtém a quinta colocação apesar do futebol ofensivo e técnico jogado por sua equipe. Em 1996, uma isquemia cerebral marca o fim de sua era de glórias. Recuperado, treina ainda o Flamengo (RJ), o Fluminense (RJ) e o Palmeiras (SP), mas não conquista títulos, e logo se aposenta. Em 2003, tem parte da perna esquerda amputada, devidoa uma isquemia na região, falece em 21 de abril de 2006.



publicado por LUCIANO às 10:24
Sábado, 09 DE Fevereiro DE 2008

Tennessee Williams


Dramaturgo norte-americano. Um dos mais importantes nomes do teatro pós-II Guerra Mundial. Thomas Lanier Williams (26/3/1911-25/2/1983), que fica conhecido como Tennessee Williams, nasce em Columbus, Mississippi. Após passar por diversas universidades, trabalha numa fábrica de sapatos. Em 1938 licencia-se em arte dramática pela Universidade de Iowa. Estréia na Broadway, em 1945, com À Margem da Vida, sobre a decadência de uma aristocrática família do sul dos EUA. Dois anos mais tarde escreve Um Bonde Chamado Desejo, que lhe vale o Prêmio Pulitzer. Com diálogos poéticos e cheios de simbolismo, explora temas como sexualidade reprimida, desejo, culpa, decadência, nostalgia e sensualidade. Quase toda sua obra é adaptada para o cinema. Escreve Gata em Teto de Zinco Quente (1954), Doce Pássaro da Juventude (1959) e A Noite do Iguana (1961), entre outras peças. Em 1969 sofre um colapso motivado pelo alcoolismo e pelo uso exagerado de tranqüilizantes. Suas obras posteriores a esse fato não têm a mesma criatividade nem obtêm sucesso igual ao das anteriores. Morre em Nova York.



publicado por LUCIANO às 10:20
Sábado, 09 DE Fevereiro DE 2008

Theodor Adorno


Filósofo alemão de origem judaica. Um dos nomes mais conhecidos da chamada Escola de Frankfurt, que contribui para o renascimento intelectual da Alemanha após a II Guerra Mundial. Theodor Wiesengrund Adorno (11/9/1903-6/8/1969) nasce em Frankfurt. Estuda filosofia, sociologia, psicologia e música na Universidade de Frankfurt e vai para Viena, na Áustria, em 1925, aprender a arte da composição com Alban Berg. De volta à Alemanha, trabalha no Instituto de Pesquisas Sociais de Frankfurt, instituição dirigida por Max Horkheimer. Lá, passa a elaborar a teoria de como o desenvolvimento estético é importante para a evolução histórica. Em 1934 é obrigado a imigrar para a Inglaterra para escapar da perseguição nazista aos judeus. Ensina filosofia em Oxford por três anos e muda-se para os Estados Unidos. Entre 1938 e 1941 ocupa o cargo de diretor musical do setor de pesquisa da Rádio Princeton e, depois, o de vice-diretor do Projeto de Pesquisas sobre Discriminação Social da Universidade da Califórnia, em Berkeley. Em 1953 volta para a Alemanha, onde reassume seu posto no Instituto de Pesquisas Sociais de Frankfurt. Dirige a instituição após o afastamento de Horkheimer. Escreve, entre outros, Filosofia da Música Moderna (1949) e Filosofia Estética (publicado postumamente, em 1970). Morre em Visp, na Suíça.



publicado por LUCIANO às 10:18
Sábado, 09 DE Fevereiro DE 2008

Theodore Roosevelt


Estadista norte-americano (27/10/1858-6/1/1919). Presidente dos Estados Unidos (EUA) por dois mandatos. Nasce em Nova York, forma-se em direito, mas opta pela carreira política, elegendo-se aos 23 anos deputado da Assembléia Legislativa de seu estado. Em 1898, os EUA estão em expansão comercial e, em busca de novos mercados, ajudam Cuba em sua luta de independência da Espanha. A guerra contra a Espanha dura alguns meses e vale aos EUA a posse de Cuba, de Porto Rico e das Filipinas. Theodore Roosevelt, que organiza um grupo de voluntários para combater em Cuba, ganha popularidade e elege-se governador do estado de Nova York. Em 1900 é eleito vice-presidente na chapa de William McKinley, assassinado no ano seguinte. Assume a Presidência e reelege-se em 1904. Adota a política do big stick, inspirada na divisa speak softly and carry a big stick (fale com suavidade e empunhe um grande porrete). Proíbe intervenções não americanas na América Latina, reservando para os EUA esse direito. Intervém militarmente na República Dominicana e em Cuba e promove a independência do Panamá, que era parte da Colômbia, garantindo assim o controle sobre o futuro canal entre o Atlântico e o Pacífico. Cauteloso com as nações mais desenvolvidas, media as negociações de paz relativas à guerra russo-japonesa (1904-1905) e ganha o Prêmio Nobel da Paz de 1906. Morre em Nova York.



publicado por LUCIANO às 10:15
Sábado, 09 DE Fevereiro DE 2008

Thomas Edison


Inventor norte-americano (11/2/1847-18/10/1931). Thomas Alva Edison nasce em Milan, no estado de Ohio. Ainda criança apresenta problemas de audição e cresce com a deficiência. De família pobre, trabalha para sobreviver desde os 12 anos, quando abandona a escola pública da cidade de Port Huron para vender jornais e doces nos trens que ligam Port Huron a Detroit. Dá-se bem na empreitada e, no início da Guerra Civil Americana, em 1861, consegue montar um pequeno jornal, o The Weekly Herald, que ele mesmo redige, imprime e vende. No ano seguinte emprega-se como operador em companhias telegráficas, função que exerce até 1868. Abre uma fábrica de impressoras telegráficas, em 1879, e seus produtos ficam conhecidos como The Edison Universal Stock Printer. Em 1876 cria um laboratório de pesquisas industriais, que chama de "fábrica de invenções", no qual emprega dezenas de cientistas e pesquisadores. Até 1928 o laboratório registra mais de mil invenções, como o fonógrafo (1877), a lâmpada elétrica (1878) e o cinescópio (1891). Morre em Nova Jersey.



publicado por LUCIANO às 10:12
Sábado, 09 DE Fevereiro DE 2008

Thomas Hobbes


Filósofo e político inglês (5/4/1588-4/12/1679). Conhecido pela obra-prima Leviatã, nome de um monstro bíblico que ele usa para definir o Estado que zela pelo bem-estar e proteção do homem natural como se fosse um homem artificial. Nasce em Westport, Wiltishire, e estuda na Universidade de Oxford. Em 1608, já formado em arte, passa a trabalhar como preceptor na poderosa família Cavendish, um importante lorde inglês, o que lhe permite fazer viagens de aprimoramento cultural. Visita a França e a Itália em 1610 e estuda literatura e filosofia. Entre 1621 e 1626, trabalha como secretário de Francis Bacon, para quem traduz algumas obras. Em 1629 traduz Guerra do Peloponeso, de Tucídides, para o inglês. No prefácio da tradução, apresenta sua oposição ao regime de democracia. O texto já antecipa muitas das idéias expostas em Leviatã. Fervoroso defensor da Monarquia, escreve seu primeiro tratado sobre o regime, Elementos da Lei Natural, em 1640, e é obrigado a se refugiar em Paris, onde redige o ensaio Sobre o Cidadão, divulgado em 1642. Retorna à Inglaterra pouco tempo depois, mas volta a ser banido para a França por causa dos ideais absolutistas expostos em Leviatã, em 1651. Um ano depois volta à Inglaterra, então governada por Oliver Cromwell, e escreve vários ensaios, entre eles Sobre o Corpo (1656) e Sobre o Homem (1658). Morre em Hardwick.



publicado por LUCIANO às 10:10
Sábado, 09 DE Fevereiro DE 2008

Thomas Jefferson


Estadista norte-americano (13/4/1743-4/7/1826). Nasce em Shadwell, na Virgínia, em uma das mais importantes famílias do estado. Em 1767 forma-se em direito. Herda as terras do pai e casa-se, em 1772, com Martha Wayles Skelton. Aos 25 anos, é eleito para a Casa dos Burgueses, a primeira Assembléia Legislativa dos Estados Unidos, na qual permanece de 1769 a 1774. No ano seguinte, os colonos dão início à guerra pela independência dos EUA, que termina em 1781. Em 1776, Jefferson participa da comissão encarregada de redigir a Declaração de Independência dos Estados Unidos, que ele influencia com idéias do iluminismo. Em 1778 consegue pôr fim à importação de escravos, com o objetivo de atrapalhar o tráfico dominado pelos ingleses – a escravidão continua valendo nos EUA até 1865, e o próprio Jefferson tem 200 escravos. Embora fosse adversário da mistura racial, Jefferson mantém um caso de 38 anos com a escrava Sally Hemings, com quem se supõe que tenha tido sete filhos. Governa a Virgínia de 1779 a 1781 e, em 1785, é nomeado embaixador do novo país na França. Em 1796 é eleito vice do presidente John Adams e, em 1801, torna-se presidente da República. Funda a capital norte-americana, Washington, e adquire da França o território da Louisiana, o que garante a livre navegação no rio Mississippi. Reelege-se em 1804 e fica na Presidência até 1809. Retira-se então para Monticello, na Virgínia, onde morre.



publicado por LUCIANO às 10:06

pesquisar

 

Fevereiro 2008

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9

comentários recentes

  • quando cipriano sai da cadeia pq ele decide ir par...
  • Acabei de ler "As Regras do Tagame":http://numadel...
  • Boa iniciativa, a de publicar biografias relevante...
  • O Barão de Cotegipe é um grande pers...
  • este é o escultor victor brecheret, não é aldo bon...
  • Para saberem mais sobre Ledoux sigam este link:htt...
  • Caro amigo, esta "biografia" do sr.Amador Aguiar e...
  • CIRO, O GRANDE!!!!!!!!!!!!WHITE PRIDE!!!!!!!!!!!!w...
  • Muito interessante!Tenho um texto muito parecido n...
  • your blog is really good! http://sot77.blogspot.co...

Posts mais comentados

arquivos

Feedjit

Visitantes

blogs SAPO


Universidade de Aveiro