mais sobre mim

subscrever feeds

tags

todas as tags

Visitas Hoje

Sábado, 08 DE Março DE 2008

REXHEP MEIDANI

Rexhep Meidani (ur. 17 sierpnia 1944 r. w Elbasanie) - polityk albański, prezydent Albanii w latach 1997-2002.

Z wykształcenia Meidani jest fizykiem. W 1966 r. ukończył studia na uniwersytecie w Tiranie, a następnie studia podyplomowe na uniwersytecie w Caen (Francja) (1974). Do roku 1996 r. pracował na uniwersytecie w Tiranie, m.in. jako dziekan wydziału nauk przyrodniczych.

W trakcie pierwszych wielopartyjnych wyborów w Albanii, w roku 1991 r. był przewodniczącym Centralnej Komisji Wyborczej, a następnie współpracownikiem rządu Ramiza Alii. W 19921996 r. wstąpił do Albańskiej Partii Socjalistycznej, obejmując stanowisko sekretarza generalnego partii. zaangażował się w kwestię praw człowieka. W

W czasie zamieszek roku 1997 Meidani został pobity przez nieznanych sprawców. W wyborach parlamentarnych 1997 roku wybrany do albańskiego parlamentu jako poseł z okręgu Çerrik. 24 lipca 1997 r. parlament wybrał go prezydentem. Okres jego prezydentury stanął pod znakiem nowej konstytucji, przyjętej w listopadzie 1998 r.

Jesienią 2003 Meidani kandydował na stanowisko przewodniczącego Albańskiej Partii Socjalistycznej, jednak przegrał z dotychczasowym przewodniczącym, Fatosem Nano. W listopadzie 2007 roku został wybrany prezesem Albańskiej Akademii Nauk.

publicado por LUCIANO às 13:00
Sábado, 08 DE Março DE 2008

SALI BERISHA


Albanian Prime Minister Sali Berisha is pictured during a lunch to promote the chicken industry in Tirana, Albania, on Monday. The first case of the bird virus was found in the city of Saranda last week, some 300 km in the southern Sarande coastal region, near the border with Greece. — Reuters

Sali Berisha addresses his followers at a rally in Tirana on July 4 after he claimed victory for his Democratic Party in the general elections. [Berisha was president of Albania from 1992 to 1997.

publicado por LUCIANO às 12:48
Sábado, 08 DE Março DE 2008

RAMIZ ALIA

Ramiz Alia, born in 1925, president of Albania (1985-1992). He was born in Shkodër. During World War II (1939-1945), he attained the rank of political commissar, charged with maintaining Communist principles in the Fifth Army, the highest unit of Albania's National Liberation Army. His political career started in 1955 as the first secretary of the Central Committee of Communist Youth. He later became Albania's minister of education. At the Fourth Congress of the Albanian Party of Labor (APL), or Workers' Party, in 1961, he was elected a member of the Politburo, the Communist Party's highest office.

After the shakeup following the suicide of Prime Minister Mehmet Shehu in 1981, Alia became the chosen successor of Enver Hoxha, the Stalinist dictator who ruled Albania for four decades. Alia acquired the title of head of state in 1982. After Hoxha's death in 1985, Alia assumed real power as the first secretary of the APL. In 1990, after the collapse of Communist governments across Eastern Europe and widespread protests in Albania, Alia allowed some political opposition. His popularity soared when he broke rank with Communist hard-liners by easing travel, religion, speech, and political restrictions. Alia's reforms eventually led to multiparty elections and the end of the Communist hold on power in Albania. Alia announced his resignation on April 3, 1992, on the eve of the second round of multiparty elections in which the Albanians elected a non-Communist parliament. In August 1993 Alia was placed under house arrest and charged with abuse of power and violation of citizens' civil rights. In a May 1994 trial, he was found guilty and given a nine-year sentence.

publicado por LUCIANO às 12:44
Sábado, 08 DE Março DE 2008

ZOG I - Ahmed Beg Zogu

ZOG I - AHMED BEG ZOGU
publicado por LUCIANO às 04:41
Sábado, 08 DE Março DE 2008

HAMDI BUSHATI

Hamdi Bushati - mësues i popullit - Albania
publicado por LUCIANO às 04:36
Sábado, 08 DE Março DE 2008

SHAQIR BEJ BUSHATI

Shaqir Bej Bushati, luftëtar me Ded Gjo Lulin - Albania
publicado por LUCIANO às 04:35
Sábado, 08 DE Março DE 2008

QAZIM BUSHATI

Qazim Bushati, pushkatuar nga komunistët - Albania
publicado por LUCIANO às 04:33
Sábado, 08 DE Março DE 2008

KARA MAHMUT BUSHATLIU

Kara Mahmut Bushatliu - Albania
publicado por LUCIANO às 04:32
Sábado, 08 DE Março DE 2008

XHEMAL BUSHATI

Xhemal Bushati - ministër në qeverinë e Nolit, deputet Albania
publicado por LUCIANO às 04:30
Sábado, 08 DE Março DE 2008

HAFIZ SABRI BUSHATI

HAFIZ SABRI BUSHATI - ALBANIA
publicado por LUCIANO às 04:22
Sábado, 08 DE Março DE 2008

ENVER HOXHA

ENVER HOXHA

Enver Hoxha wurde zu einer moslemischen Millelschichtfamilie am 16 Oktober 1908 in Gjirokastër in dem damaligen Ostmannischen Reich geboren. Sein Vater war Landbesitzer und in der Textilbranche tätig, und machte häufige Geschäftsreisen ins Ausland über in Europe und in den USA. Als Enver vier Jahre alt war, war er sehr von seinem Onkel Hjen Hoxha beeinflußt, der ein eifriger Sozialist und Nationalist war und für die Unabhängigkeit von den Türken war. Zu dieser Zeit wuchs Unzufriedenheit der Albanier gegen das Ostmannische Reich, und einige Aufstände wurden zerbrochen von den jungen Türken, doch es kam zu einem Bürgerkrieg in 1911. Im Mai 1912 nahmen die Albaner Skopje, die Hauptstadt von Mazedonien, ein; in dem ersten Balkankrieg fanden die Türken sich gezwungen, Albanian die Unabhängigkeit zu gewähren, was in der Tat am 28 Oktober 1912 geschah.

Enver Hoxha ging zur Grund- und Realschule in Gjirokastër, und danach wohnte er der National Lycée in Korçë bei, die die beste Gymnasium in Albanien war, wo er von Kommunismus auch lernte. Er ging auch zur American Technical School in Tirana und zur Universität von Montpellier in Frankreich in 1930, wo er Naturwissenschaft studierte. Hier wurde er tätig in der Kommunistpartei von Frankreich, und verließ Montpellier, um Philosophie in der Sorbonne in Paris zu lernen, wo er Anfolger von Josef Stalin wurde. In 1934 zog er wieder um, diesmal nach Brüssel, um Rechte zu lernen, während er in dem albanischen Generalkonsulat als Sekretär arbeitete. Doch als es es entdeckt wurde, er sei Kommunist, mußte er seinen Posten verlassen, und wieder nach Albanien kehren in 1936.

publicado por LUCIANO às 04:19
Sábado, 08 DE Março DE 2008

THABO MBEKI

H.E Thabo V Mbeki South African President
publicado por LUCIANO às 04:16
Sábado, 08 DE Março DE 2008

B.J. VORSTER

B.J. VORSTER
A digression: I’ll admit that growing up as a Jewish liberal in South Africa, I somehow managed to convince myself that apartheid had nothing to do with us, that Jews were somehow automatically in the anti-apartheid column — it was a lot easier to do this in light of the rabid anti-Semitism of the ruling National Party, whose leaders had actively sympathized with the Nazis. Even then, it wasn’t true; evidence to the contrary was everywhere: Israel was, together with Pinochet’s Chile, the closest foreign ally of the regime, and in 1976, it welcomed the unrepentant Nazi, Prime Minister John Vorster (who had spent time in an internment camp during the war after being captured running sabotage operations under the direction of the Nazi intelligence service) on a state visit, and even took him to Yad Vashem! Activists of my wing of the Zionist youth movement, the socialist-inclined Habonim, protested, and were told to shut up by the senior leadership of the SA Zionist Federation. The following year, one of the leading lights of the Likud-aligned Revisionist bloc that dominated the SAZF, Abe Hoppenstein, stood for parliament on the National Party ticket.
publicado por LUCIANO às 04:08
Sábado, 08 DE Março DE 2008

HENDRIK VERWOERD

Hendrik Verwoerd (1901-1966), de tweede apartheidspremier, geboren aan de Amsterdamse Jacob van Lennepkade

In Nederland waren nu meer geluiden te horen waarin de Nederlandse oorsprong van het begrip apartheid werd betreurd, evenals de Nederlandse herkomst van de Zuid-Afrikaanse premier Hendrik Verwoerd. Deze ‘architect van de apartheid’ was in 1901 geboren in Amsterdam.

Direct na het bloedbad van Sharpeville, in april 1960, diende PvdA-fractieleider Burger in de Tweede Kamer een motie in. Deze veroordeelde de apartheid als strijdig met het Handvest van de Verenigde Naties en de Universele en Europese Verklaringen van de Rechten van de Mens. De regering werd opgeroepen stappen te ondernemen, binnen en buiten de VN.

publicado por LUCIANO às 04:03
Sábado, 08 DE Março DE 2008

WOUTER BASSON

WOUTER BASSON
Chamado de Doutor Morte – é inocentado de 46 acusações. Chefe do programa nacional de armas químicas e biológicas sob o apartheid na Africa do Sul, era acusado de assassinatos, tráfico de drogas e fraude. O CNA condena a decisão. No mesmo ano, Mbeki dá o perdão a 13 homens condenados por assassinatos durante o velho regime, o que gera fortes críticas.


publicado por LUCIANO às 03:59
Sábado, 08 DE Março DE 2008

ABÍLIO DINIZ


Empresário paulista. Dirige o maior grupo nacional de supermercados, o Pão de Açúcar. Abílio dos Santos Diniz (28/12/1936) nasce na cidade de São Paulo, o primeiro dos seis filhos de Valentim Diniz, imigrante português que chega ao Brasil em 1929 e abre uma mercearia. Durante a infância e a juventude, divide seu tempo entre os estudos e os esportes. Forma-se em administração de empresas pela Fundação Getúlio Vargas, em São Paulo, e faz pós-graduação em Michigan, EUA. Ingressa na empresa do pai aos 20 anos, como gerente de vendas. Em 1959, funda o primeiro supermercado do grupo. Torna-se, em 1979, membro do Conselho Monetário Nacional, de onde sairia dez anos depois. No final dos anos 80, enfrenta disputas familiares que o levarão a redistribuir as ações do grupo em 1992. Em dezembro de 1989, é seqüestrado e passa seis dias em cativeiro em São Paulo. Os planos econômicos e o congelamento de preços colocam o Pão de Açúcar à beira da insolvência em 1990 e, cinco anos depois, Diniz decide abrir o capital da empresa. Vive novo revés em 1996, ao ser condenado a um ano e quatro meses de prisão por realizar uma operação de empréstimo considerada ilegal entre duas empresas do grupo. O empresário recorre da decisão e é absolvido pelo Tribunal Regional. Em 1999, o grupo francês Casino assume 24% do capital votante do Pão de Açúcar. Em 2000, o empresário inicia um processo de reengenharia do grupo Pão de Açúcar: fecha um terço das lojas, demite 22.700 funcionários e assume a liderança no ranking das maiores redes de varejo do país. O grupo encerra o ano de 2000 com 416 lojas em 11 estados brasileiros. Além dos supermercados Pão de Açúcar, Sendas e Compre Bem/Barateiro, fazem parte da rede o hipermercado Extra, as lojas de eletrodomésticos Eletro e a Divisão Amélia de comércio eletrônico. Diniz é um esportista convicto: pratica corrida, natação, musculação e squash e, desde 1994, participa da Maratona de Nova York.



publicado por LUCIANO às 03:54
Sábado, 08 DE Março DE 2008

ABRAHAM KASINSKY

Economista e empresário paulista. Fundador da maior indústria de autopeças do Brasil, a Cofap. Abraham Kasinsky (11/6/1917-) Anasce na cidade de São Paulo. É o caçula de quatro filhos de um casal de imigrantes russos. Aos 10 anos, começa a trabalhar na loja de autopeças do pai, em que restaura pneus usados. Embora tenha se formado em economia, em 1940, pelo Centro de Estudos Álvares Penteado, seu desejo era ser médico e construir um hospital. Chega a iniciar o curso de medicina, mas, com a morte do pai, em 1941, interrompe os estudos e passa a cuidar dos negócios da família com os irmãos. Em 1950, a loja que assume com o irmão mais velho já é a maior importadora de autopeças do país. No entanto, para não ficar na dependência dos produtos importados, Kasinsky cria, no ano seguinte, sua própria indústria, a Companhia Fabricadora de Peças, Cofap, em Santo André (SP). Passa a viajar pelo Brasil para tentar convencer os mecânicos a adquirir seu produtos. A tarefa se mostra bem-sucedida. No início dos anos 90, a Cofap é a maior indústria de autopeças da América Latina, chegando a empregar 18 mil funcionários e exportar para 97 países. Brigas familiares e judiciais pelo controle da companhia levam Kasinsky a vender as ações da Cofap em 1997 e a abandonar o negócio. Logo em seguida, vai dirigir uma fundação que leva seu nome e que mantém um centro tecnológico, um hospital e um colégio em Manaus. Em julho de 1999, aos 82 anos, lança-se num novo desafio: funda na Zona Franca de Manaus a Companhia Fabricadora de Veículos, Cofave, com o objetivo de produzir motocicletas. Adota a marca Kasinski a fim de transferir sua credibilidade aos veículos de duas rodas. Chega a produzir 400 mil motos por mês. Atualmente, fabrica o criativo Motokar – veículo de três rodas inspirado nos bajaji da Índia –, adaptado para usos comerciais, como entrega de gás, táxi, lanchonete ambulante e outros.



publicado por LUCIANO às 03:47
Sábado, 08 DE Março DE 2008

ABRAHAM LINCOLN


Estadista norte-americano (12/2/1809-14/4/1865). Nasce em Hardin County, Kentucky, filho de imigrantes ingleses pobres, sem recursos para lhe custear os estudos. Autodidata, estuda as leis por sua conta. Ainda jovem, trabalha como condutor de balsa no rio Ohio e com 19 anos ajuda a levar um cargueiro para Nova Orleans. Nessas viagens, conhece a cidade de Nova Salem, em Illinois, na qual se estabelece com a família em 1830. Candidata-se a uma cadeira na Assembléia Estadual, mas não consegue eleger-se. Em 1836 ingressa na faculdade de direito e muda-se para Springfield, então capital do estado. Começa de fato a carreira política logo depois de formado, elegendo-se várias vezes deputado e senador. Em novembro de 1842, casa-se com Mary Todd, com quem tem quatro filhos, dos quais apenas Robert, nascido em 1843, chega à idade adulta. É eleito o 16° presidente da República dos EUA em 1860, defendendo a emancipação gradativa dos escravos no país. Toma posse no ano seguinte e combate a iniciativa separatista dos estados escravocratas do sul, os confederados, durante a Guerra Civil Americana. Define a guerra como uma batalha pela preservação da democracia, que chama de governo "do povo, pelo povo e para o povo". Reeleito em 1864, consegue a rendição dos sulistas no ano seguinte. Dias depois é assassinado por um escravagista fanático, o ator John Booth, durante uma apresentação teatral em Washington.



publicado por LUCIANO às 03:45
Sábado, 08 DE Março DE 2008

ACELINO POPÓ DE FREITAS


Pugilista brasileiro, campeão unificado da Associação Mundial de Boxe (AMB) e da Organização Mundial de Boxe (OMB) na categoria superpena. Acelino Freitas (22/10/1975-) nasce em Salvador, Bahia, filho de uma empregada doméstica e de um apontador do jogo do bicho. De família pobre, cursa apenas o primário e faz pequenos trabalhos na vizinhança para ganhar uns trocados. Ingressa no boxe em 1989, aos 14 anos, sob a assistência de Luís Dórea, seu treinador até hoje. De estilo ágil, agressivo e rápido, Popó conquista, no primeiro ano como amador, os campeonatos baiano, nordestino e brasileiro. Do currículo de amador, com 76 lutas e 74 vitórias (61 por nocaute), destaca-se a conquista da medalha de prata do jogos Pan-Americanos de 1995. A partir de então, ingressa no circuito profissional do boxe na categoria leves. Em 1996, conquista o título Mundo Hispânico; em 1997, é campeão intercontinental da OMB; em 1998, arrebata o cinturão de campeão brasileiro. Em 1999, muda para a categoria superpena, torna-se campeão americano e, finalmente, campeão mundial pela OMB ao derrotar o russo Anatoly Alexandrov por nocaute em apenas 1min74seg. Em 2002 derrota o cubano Joel Casamayor, tornando-se também campeão mundial pela AMB, reconhecida como uma das três mais importantes entidades do esporte no mundo. Como profissional, Popó detém, até o final de 2003, um cartel de 34 lutas vitoriosas, com 31 nocautes. Em 2003, a revista especializada The Ring o elege como 12º melhor boxeador do mundo entre adversários de todas as categorias. No início de 2004, em sua 35ª luta, vence o campeão dos pesos leves pela OMB, Artur Grigorian igualando o feito de Eder Jofre, até então único boxeador brasileiro campeão mundial em duas categorias, galo e pena. Em agosto de 2004, Popó perde a invencibilidade e o cinturão dos leves da OMB para o norte-americano Diego Corrales.



publicado por LUCIANO às 03:41
Sábado, 08 DE Março DE 2008

ADAM DE LA HALLE

Trovador francês (1240-1287). Também conhecido como Adam, o Corcunda, é considerado o precursor da comédia francesa. Nascido em Arras, revela habilidade com as palavras e os sons desde a juventude. Muda-se para Paris, onde aperfeiçoa seu talento em apresentações na corte francesa. Acompanha o rei Carlos I, duque de Anjou, em viagens à Sicília e a Nápoles. Compõe rondós e motetes - forma introduzida pela Ars Antiqua que consiste na apresentação simultânea de mais de um texto em cena. Halle desvincula a música do caráter religioso, comum na época. Seu trabalho é tido como o início da Ars Nova, estilo criado por Philippe de Vitry e Guillaume de Machaut. Faz dezenas de poemas e composições musicais polifônicas, como os 16 rondós a três vozes e os 18 jogos partidos. Entre seus textos teatrais conhecidos estão A História de Griseldis, considerada precursora das peças sérias sem a conotação religiosa da época, e o Jogo de Robin e Marion, comédia pastoral musicada tida como uma das primeiras operetas francesas.



publicado por LUCIANO às 03:39
Sábado, 08 DE Março DE 2008

ADAM SMITH


Economista escocês (6/1723-17/7/1790). Um dos teóricos mais influentes da economia moderna, responsável pela Teoria do Liberalismo Econômico. Nasce em Kirkcaldy e estuda em Glasgow e em Oxford, na Inglaterra. Em 1751 é nomeado professor de lógica na Universidade de Glasgow e, no ano seguinte, também se encarrega da cátedra de filosofia moral. Interessado em muitos ramos do conhecimento, entre os quais filosofia, história e ciências exatas, publica um importante tratado sobre moral, Teoria dos Sentimentos Morais (1759). Cultiva amizade com filósofos, como David Hume, e inventores, como James Watt. Em 1763, durante viagem à França e à Suíça, entra em contato com os fisiocratas. Volta para a Escócia e publica sua principal obra, Investigação sobre a Natureza e as Causas da Riqueza das Nações. Nela, define os pré-requisitos para o liberalismo econômico e a prosperidade das nações, como o combate aos monopólios, públicos ou privados; a não-intervenção do Estado na economia e sua limitação às funções públicas de manutenção da ordem, da propriedade privada e da justiça; a liberdade na negociação do contrato de trabalho entre patrões e empregados; e o livre comércio entre os povos. Morre em Edimburgo.



publicado por LUCIANO às 03:37
Sábado, 08 DE Março DE 2008

ADÉLIA PRADO


Escritora e poeta mineira. Sua obra recria com uma linguagem despojada e direta, freqüentemente lírica, a vida e as preocupações dos personagens do interior de Minas. Adélia Luzia Prado de Freitas (13/12/1935-) nasce em Divinópolis. Aos 14 anos, já escreve os primeiros versos. Estuda com padres franciscanos e forma-se em filosofia. Entra para o magistério em seguida, mas abandona o projeto de dar aulas depois de se casar e ter cinco filhos. No início dos anos 70, publica os primeiros poemas em jornais de sua cidade e de Belo Horizonte. Em 1971, divide com Lázaro Barreto a autoria do livro A Lapinha de Jesus. Sua estréia individual acontece em 1976, com Bagagem, livro que chama a atenção da crítica pela originalidade e pelo estilo. Em 1978 escreve O Coração Disparado, com o qual conquista o Prêmio Jabuti de Literatura, conferido pela Câmara Brasileira do Livro, de São Paulo. Nos dois anos seguintes, dedica-se à prosa, com Solte os Cachorros (1979) e Cacos para um Vitral (1980). Volta à poesia em 1981, com Terra de Santa Cruz. Em seguida, publica Componentes da Banda (1984), O Pelicano (1987), O Homem da Mão Seca (1994), Manuscrito de Felipa (1999) e Oráculos de Maio (1999). Em 2000, lança seu primeiro CD, O Tom de Adélia Prado, em que lê uma seleção de poemas do livro Oráculos de Maio. Em 2001 lança Filandras e em 2003 apresenta um novo CD, Sempre Amor, uma coletânea de poemas de vários momentos da autora. Adélia têm como marca literária a espontaneidade. Para ela, a poesia é uma espécie de êxtase religioso, que liberta o poeta e transcende o leitor.




publicado por LUCIANO às 03:35
Sábado, 08 DE Março DE 2008

ADEMIR DA GUIA

Os torcedores do Palmeiras são unânimes em duas coisas na vida: no ódio ao Corinthians e no amor a Ademir da Guia. Tamanha reverência poderia ser explicada pela longevidade (16 anos de Parque Antártica) ou pela quantidade de títulos oficiais (12 conquistas – incluindo cinco Paulistas e dois Brasileiros). Filho de Domingos da Guia, um dos maiores zagueiros do Brasil de todos os tempos, Ademir da Guia (3/4/1942-) nasce no Rio de Janeiro e começa a jogar no infantil do Bangu. No começo dos anos 1960, é levado ao Palmeiras. Assina seu primeiro contrato em agosto de 1961, três dias antes do aniversário do clube. Em meio à era Pelé, só o Palmeiras de Ademir consegue beliscar títulos. Foi assim em 1963 e 1966. Quando o Santos perdeu fôlego, o Palmeiras se torna o melhor time do Brasil. O sucesso que teve no Palmeiras não encontrou equivalente fora do Parque Antártica. Convocado escassas 12 vezes para a Seleção Brasileira, seu único Mundial foi o de 1974, passando todo o tempo no banco de reservas. Entrando na última partida, na decisão de terceiro lugar contra a Polônia, substituído, o Brasil perdeu. Não ficou rico, mas teve o reconhecimento da torcida do Palmeiras. É um dos raros jogadores a ganhar estátua no Parque Antártica. "Sem Ademir da Guia o Palmeiras é menos Palmeiras", definiu o treinador Rubens Minelli ainda nos anos 60. Dupla sublime: Ademir da Guia seria um pouco menos do que foi se não houvesse um homem chamado Dudu jogando ao seu lado. Os dois formam o que muitos amantes do futebol consideram a dupla ideal, uma espécie de Pelé-Coutinho do meio-campo. A raça e a combatividade de Dudu eram complementadas à perfeição pela maestria e pela sensibilidade de Ademir da Guia. Os dois foram protagonistas do Palmeiras por 12 anos.Ademir da Guia filia-se ao Partido Comunista do Brasil (PC do B) em setembro de 2003 e se elege vereador em São Paulo no ano seguinte.




publicado por LUCIANO às 03:31
Sábado, 08 DE Março DE 2008

ADHEMAR DE BARROS

Político paulista (22/4/1901-12/3/1969). Nasce em Piracicaba, em uma família de grandes proprietários de terras na região de São Manuel (SP). Forma-se na Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro em 1923 e estagia no Instituto Osvaldo Cruz. Volta a São Paulo, onde se casa em 1927. Engaja-se na Revolução Constitucionalista de 1932 como médico. Entra na política ao eleger-se deputado estadual em 1934. Após o golpe do Estado Novo, liderado por Getúlio Vargas, é nomeado interventor no estado de São Paulo, cargo em que permanece até 1941. Em 1945 tenta sair candidato à Assembléia Constituinte pela UDN, partido liberal de oposição ao regime anterior, mas enfrenta resistência de algumas correntes. Chega ao governo paulista em 1947, pelo Partido Social Progressista (PSP), do qual é um dos fundadores e presidente desde 1946. Suas várias gestões como administrador público, governador e prefeito de São Paulo (no período 1957-1961) ficam conhecidas por grandes obras, entre elas o Hospital das Clínicas, as rodovias Anhangüera e Anchieta, além de promover grande remodelação urbana em São Paulo. Todos esses investimentos porém, provocam um déficit considerável nas finanças públicas. Na campanha para o governo do Estado em 1954, em que polariza com Jânio Quadros, seus correligionários utilizam com freqüência o célebre bordão "rouba mas faz". Elege-se governador de São Paulo em 1962. Participa do movimento militar que derruba João Goulart, mas passa à oposição com a decretação do Ato Institucional nº 2 (AI-2), que extingue o pluripartidarismo. Em 1966 é cassado e segue para Paris, orientando seus partidários a entrar na Arena. Morre na capital francesa.



publicado por LUCIANO às 03:28

pesquisar

 

Março 2008

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
14
15
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

comentários recentes

  • quando cipriano sai da cadeia pq ele decide ir par...
  • Acabei de ler "As Regras do Tagame":http://numadel...
  • Boa iniciativa, a de publicar biografias relevante...
  • O Barão de Cotegipe é um grande pers...
  • este é o escultor victor brecheret, não é aldo bon...
  • Para saberem mais sobre Ledoux sigam este link:htt...
  • Caro amigo, esta "biografia" do sr.Amador Aguiar e...
  • CIRO, O GRANDE!!!!!!!!!!!!WHITE PRIDE!!!!!!!!!!!!w...
  • Muito interessante!Tenho um texto muito parecido n...
  • your blog is really good! http://sot77.blogspot.co...

Posts mais comentados

arquivos

Feedjit

Visitantes

blogs SAPO


Universidade de Aveiro