Miguel Costa

Militar e político de origem argentina. Um dos principais líderes da Coluna Prestes, ao lado de Luís Carlos Prestes, e da Revolução de 1930. Miguel Alberto Crispim da Costa Rodrigues (3/12/1885 - 2/9/1959) nasce em Buenos Aires e ainda criança se muda para São Paulo com a família. Inicia carreira militar em 1901, na Força Pública paulista, e chega a major em 1922. É um dos líderes do movimento tenentista de julho de 1924, em São Paulo. Com a decisão dos revoltosos de promover uma marcha revolucionária, comanda as tropas que se deslocam para o Paraná. Em abril de 1925 juntam-se a elas os integrantes das forças gaúchas lideradas por Luís Carlos Prestes, o que dá origem à Coluna Miguel Costa-Prestes, mais conhecida como Coluna Prestes. Depois da dissolução da Coluna, em 1927, exila-se na Argentina, de onde retorna para participar da Revolução de 1930. Comanda uma força que parte da cidade de Marcelino Ramos (RS) rumo a Santa Catarina e Paraná. Com a vitória do movimento, recebe, por decreto, o posto de general-de-brigada e volta para São Paulo. Opõe-se à Revolução Constitucionalista de 1932, sendo preso e confinado em Mato Grosso. Libertado ao final do movimento, aposenta-se. É um dos fundadores do Partido Socialista Brasileiro e presidente da Aliança Nacional Libertadora (ANL). Morre em São Paulo.




publicado por LUCIANO às 12:53