BÉLA BARTÓK


Compositor, pianista e etnomusicólogo húngaro (25/3/1881-26/9/1945). É mestre na fusão da Música erudita no mundo com a popular. Começa a compor aos 9 anos. Depois de se formar na Academia de Música de Budapeste, viaja muito como concertista e coleta canções folclóricas em todo o leste da Europa, que grava e classifica. De 1907 a 1934 trabalha como professor de piano na Academia de Música de Budapeste. Pesquisa também a música folclórica do mundo árabe, o que influencia fortemente suas composições, como o trio Contrastes (1938). Dá concertos nos Estados Unidos, na Europa e na União Soviética. Emigra para os Estados Unidos em 1939, onde morre seis anos depois. Sua obra inclui peças para teatro, balé, coral, música de câmara, uma ópera e concertos para piano e orquestra, como o Concerto para Orquestra e a sonata Música para Instrumentos de Corda, Percussão e Celesta. Produz ainda Mikrokosmos, coleção de peças para piano destinadas a estudantes, que resume sua linguagem musical. No fim da vida adota um estilo romântico, que lhe proporciona grande êxito.



publicado por LUCIANO às 09:04