FERNÃO CARDIM


Jesuíta português. Autor de Tratados da Terra e da Gente do Brasil, é um dos pioneiros na descrição dos índios, da fauna e da flora do país. Fernão Cardim (1549- 27/1/1625) nasce em Viana do Alentejo e aos 17 anos ingressa na Companhia de Jesus, sociedade missionária criada em 1534 por Inácio de Loyola. Embarca para o Brasil em 1583. Ocupa o cargo de reitor do Colégio da Bahia e do Rio de Janeiro e, em 1598, o de procurador junto a Roma. Durante uma viagem, em 1601, é preso pelo corsário inglês Francis Cook e levado a Londres. Consegue a liberdade só depois de entregar um manuscrito com noções de etnografia brasileira. Volta ao Brasil em 1604 e se estabelece na Bahia na época em que os holandeses invadem Salvador. Morre na capital baiana e deixa, entre outras obras, Do Clima e Terra do Brasil e Narrativa Epistolar de uma Viagem e Missão Jesuítica pela Bahia, Ilhéus, Porto Seguro, Pernambuco, Espírito Santo, Rio de Janeiro e São Vicente. Seu manuscrito preso na Inglaterra é publicado em 1625, sem o nome do autor. No Brasil, é editado em 1881, por Ferreira de Araújo, com o título Do Princípio e Origem dos Índios do Brasil e Seus Costumes, Adoração e Cerimônias pelo Padre Fernão Cardim.



publicado por LUCIANO às 20:47