Marquês do Lavrádio


Militar e administrador português. Vice-rei do Brasil entre 1769 e 1779, é autor de obra fundamental para o estudo da administração colonial .Luís de Almeida Soares Portugal Alarcão e Eça e Melo (27/6/1729-2/5/1790) nasce na cidade de Ribaldeira. É brigadeiro do Exército português até ser nomeado governador e capitão-geral de mar e terra da capitania da Bahia, em 1768. Assume no ano seguinte o vice-reinado do Brasil e fixa residência no Rio de Janeiro. Para estimular o comércio, cria o primeiro mercado local, no largo da Glória. Constrói também as fortalezas do Pico e do Leme. Recebe do povo o apelido de Gravata, por andar sempre bem vestido. Apreciador de bailes e folguedos, tem estreita ligação com a arte. Protege o teatro e funda uma academia científica para estudo dos recursos naturais brasileiros. Na tentativa de fortalecer a economia, importa da China o bicho-da-seda e isenta do serviço militar os lavradores que se dedicavam ao café. Dois anos após a morte de dom José I, em 1779, é substituído no vice-reinado do Brasil.



publicado por LUCIANO às 16:26