LUIZ GONZAGA


Compositor, sanfoneiro e cantor pernambucano. Considerado o pai do baião, é autor de Asa Branca, uma das músicas mais conhecidas do país. Luiz Gonzaga do Nascimento (13/12/1912-2/8/1989) nasce em Exu. Aprende a tocar sanfona com o pai, Januário, e na infância já anima bailes e festas. Em 1930 vai para Fortaleza, no Ceará, e alista-se no Exército. Serve em vários estados até que abandona a carreira militar e vai para o Rio de Janeiro, em 1939, onde decide tentar o sucesso como sanfoneiro e cantor. Apresenta-se em ruas, bares, cabarés, festas e programas de calouro. Uma participação no programa radiofônico de Ary Barroso abre caminho para o trabalho no rádio. Seu primeiro sucesso é Chamego (1943), gravado por Carmen Costa. Escreve com Humberto Teixeira as canções Baião (1946), Asa Branca (1947), Juazeiro (1948) e Baião de Dois (1950). O sucesso dessas composições aumenta a popularidade do baião, ritmo típico do Nordeste. A partir de 1954 passa a se exibir pelo interior do país e só reaparece nacionalmente nos anos 70. Em seus shows é muitas vezes acompanhado pelo filho, Luís Gonzaga Júnior, o compositor Gonzaguinha, morto num acidente automobilístico em 1991. Morre no Recife em 1989.


publicado por LUCIANO às 05:56