JAKOB LUDWIG FELIX MENDELSSOHN-BARTHOLDY

Compositor alemão (3/2/1809-4/11/1847). Considerado a figura central do romantismo, redescobre a música de Johann Sebastian Bach. Jakob Ludwig Felix Mendelssohn-Bartholdy nasce em Hamburgo, neto do filósofo Moses Mendelssohn. Aos 17 anos, apresenta Abertura para Sonho de uma Noite de Verão, seu primeiro trabalho oficial. Em Berlim, rege Paixão Segundo São Mateus, de Bach (1829), trazendo de volta o nome do compositor aos meios musicais. No mesmo ano, torna-se o preferido da rainha Vitória ao reger Sinfonia em Dó Menor e a abertura As Hébridas, inspirada numa visita à Escócia. Em 1833 ocupa o cargo de músico-diretor em Düsseldorf, onde divulga peças de Beethoven e Cherubini e cantatas de Bach. Em 1841, funda a Academia de Artes de Berlim e, dois anos depois, o Conservatório de Leipzig, onde ensina composição ao lado de Robert Schumann. Deixa uma produção considerável que inclui as sinfonias Escocesa, Italiana e Reforma, dois concertos para piano e um para violino, os oratórios São Paulo (1836) e Elias (1846), a sinfonia-cantata Hino de Louvor, peças para órgão, músicas de câmara e de piano, entre elas 48 Canções sem Palavras. Morre em Leipzig.