JOAQUIM NABUCO


Político e escritor pernambucano. Um dos principais líderes abolicionistas e um dos criadores da moderna prosa brasileira. Joaquim Aurélio Barreto Nabuco de Araújo (19/8/1849 - 17/1/1910) nasce no Recife e entra para a carreira diplomática em 1876, sendo nomeado adido para a Legação Brasileira em Washington (EUA). Em 1879 volta ao Brasil, eleito deputado geral por Pernambuco. Principal líder parlamentar abolicionista, defende a extinção da escravatura na imprensa, provoca discussões na sociedade e pede audiência ao papa, na qual Leão XIII declara o apoio à campanha antiescravagista. Viaja pela Europa de 1881 a 1884, quando é novamente eleito deputado. Luta contra abolição da escravatura, em 1888. Monarquista, deixa a política após a proclamação da República. Em 1891 ajuda a fundar o Jornal do Brasil, do qual é redator-chefe. Convidado pelo governo republicano, é encarregado de diversas missões diplomáticas e chefia a embaixada brasileira em Londres e em Washington. Como escritor, destaca-se pelas obras históricas, entre elas O Abolicionismo (1883), Balmaceda (1895) e Um Estadista do Império (1897-1899). Escreve a autobiografia Minha Formação (1900), um clássico da literatura brasileira. Morre em Washington, Estados Unidos.



publicado por LUCIANO às 05:50