BILL CLINTON

Político norte-americano (19/8/1946-). É o 42º presidente dos Estados Unidos. Nasce em Hope, no estado do Arkansas, e forma-se advogado na Escola de Direito de Yale, onde é professor entre 1974 e 1976. Ingressa na política em 1977, eleito no Arkansas para o cargo de procurador-geral, o encarregado de zelar pela aplicação das leis no estado. Dois anos mais tarde, elege-se governador. Em 1992, concorrendo pelo Partido Democrata, vence a disputa pela presidência do país. Durante seu governo, consegue a aprovação do Nafta, acordo comercial entre Estados Unidos, México e Canadá. Patrocina o acordo de paz entre Israel e a Organização para a Libertação da Palestina (OLP) em 1993. Proporciona ao país crescimento econômico com a menor taxa de inflação e de desemprego das últimas três décadas. Ao mesmo tempo enfrenta, com a mulher Hillary, denúncias de se ter beneficiado de transações imobiliárias irregulares. Apesar do escândalo, chamado de Whitewater, é reeleito em 1996. Em 1998, é acusado de manter relações extraconjugais com a estagiária da Casa Branca Mônica Lewinsky. O promotor republicano Kenneth Starr pede o impeachment de Clinton, acusando-o de perjúrio nos depoimentos, o que não é aceito pelo parlamento. Em 1999, Clinton lidera um bombardeio das forças da Organização do tratado do Atlântico Norte (Otan) contra a província separatista iugoslava de Kosovo, motivado pela política de limpeza étnica do presidente Slobodan Milosevic contra a minoria albanesa local. Durante a era Clinton, os Estados Unidos viveram o mais longo período de prosperidade econômica de sua história. Após deixar a Casa Branca, em 20 de janeiro de 2000, faz palestras pelo mundo. Já esteve na Índia, Noruega, Suécia, Áustria, Dinamarca, Holanda, Alemanha, Polônia, Reino Unido e Irlanda e no Brasil, em 2001. Funda a ONG William J. Clinton Foundation, fomentadora de ações para o interrelacionamento de governos, países, raças e religiões com vista a um entendimento global.



publicado por LUCIANO às 13:29