Oscar Wilde


Poeta e dramaturgo irlandês (16/10/1854-30/11/1900). Representante do Movimento Estético inglês, que prega a apreciação do belo e a arte pela arte. Nasce Oscar Fingal O’Flahertie Wills Wilde, em Dublin, filho de protestantes. Em 1874 vai para Oxford e, no ano seguinte, viaja pela Itália para estudar arte. Em 1878 muda-se para Londres. Escreve Vera (1880) e Poemas (1881) e dá conferências nos Estados Unidos e no Canadá antes de se transferir, em 1883, para Paris, onde redige o poema A Esfinge e a peça A Duquesa de Pádua, recusada pelos teatros. De volta a Dublin em 1884, casa-se com Costance Lloyd, rica herdeira, com quem tem dois filhos. Em 1876, em Oxford, conhece Robert Ross, e com ele inicia um relacionamento homossexual. Dirige a revista feminina Woman’s World até 1879. Nessa fase, entre sua intensa produção cultural destaca-se sua obra mais importante, O Retrato de Dorian Gray (1890-1891), publicada na Lippincott’s Magazine. Nesse período mantém um relacionamento com o lorde Alfred "Bosie" Douglas que o leva à prisão por homossexualismo em 1895. Dois anos depois muda-se para a França e lá trabalha sob o pseudônimo de Sebastian Melmoth. Reencontra-se com Bosie e parte para Nápoles, onde lança, sem assinar, A Balada do Cárcere de Reading (1898), considerado seu melhor poema.



publicado por LUCIANO às 04:51