LEONARDO BOFF


Teólogo e escritor catarinense. Principal pensador e autor da Teologia da Libertação, linha progressista da Igreja Católica.Genézio Darci Boff (14/12/1938-) nasce em Concórdia, filho de um professor. Gradua-se em teologia no Instituto Teológico dos Franciscanos de Petrópolis, no Rio de Janeiro, em 1965, e doutora-se em teologia e filosofia em Munique, Alemanha, em 1970. Em suas tese de doutorado surgem as bases da Teologia da Libertação, que prega a posição ativa dos agentes religiosos e a fé cristã como fator de mudança da sociedade no interesse dos oprimidos. Seus ideais libertários, abordados no livro Jesus Cristo Libertador, passam a ser alvo de observação e censura dos setores conservadores da Igreja. Dirige várias publicações progressistas, até mesmo sobre violação dos direitos humanos durante o Regime Militar de 1964. Em maio de 1985, é condenado pelo Vaticano a um ano de silêncio e destituído de todas as funções religiosas. Em 1992, sofre nova condenação. Renuncia às atividades de padre e casa-se com uma teóloga militante pelos direitos humanos, mas continua como teólogo da libertação, escritor e assessor de movimentos sociais. É autor de cerca de 70 livros, entre eles O Evangelho do Cristo Cósmico (1971), O Destino do Homem e do Mundo (1974), O Caminhar da Igreja com os Oprimidos (1980), Ecologia – Grito da Terra, Grito dos Pobres (1995).



publicado por LUCIANO às 19:12