CHIANG KAI-SHEK


Estadista e líder militar chinês (31/10/1887-5/4/1975). Nascido na província de Zhejiang, vem de uma família de comerciantes. Em 1906 recebe treinamento na Academia Militar Nacional. No ano seguinte vai para Tóquio, no Japão, onde conhece Sun Yat-sen, líder revolucionário e fundador do Partido Nacionalista (Kuomintang), que se opõe à decadente dinastia Manchu chinesa. Chiang une-se ao grupo revolucionário e, em 1911, participa da derrubada do governo e da proclamação da República da China, sob o comando de Sun Yat-sen. Apesar do apoio de militares nacionalistas, a república tem de combater os senhores feudais que ainda dominam o norte do país. Para ser capaz de organizar um exército unificado, Chiang vai a Moscou em 1923, onde estuda estratégia militar. De volta à China, torna-se diretor da Academia Militar de Huangpu e, com a morte de Sun Yat-sen, assume a direção do país. Derrota os senhores feudais do norte, unificando o território chinês. Inicia então duros ataques aos comunistas liderados por Mao Tsé-tung e Chu En-lai. Ao fim da II Guerra Mundial, recrudescem as lutas entre nacionalistas e comunistas. Apesar da ajuda que recebe dos Estados Unidos, Chiang não consegue deter a ofensiva de Mao, que em 1949 proclama a República Popular da China. Chiang refugia-se em Taiwan (Formosa) e funda a República da China, da qual é presidente até a morte. Adota medidas como educação em massa, reforma agrária e desenvolvimento da indústria.



publicado por LUCIANO às 18:49