FRITZ LANG


Cineasta norte-americano de origem austríaca (5/12/1890-2/8/1976). Nasce em Viena, em uma família judaica. Luta na I Guerra Mundial (1914-1918) e, ferido, vai para Berlim, onde começa a fazer cinema. Estréia na direção em 1919, mas o primeiro filme de sucesso é As Três Luzes (1921). Em 1926 é reconhecido como uma das figuras mais importantes do expressionismo ao dirigir Metrópolis, ficção científica quemostra uma sociedade controlada por robôs a serviço de um cientista louco. Em 1931 faz seu primeiro filme falado: M, o Vampiro de Düsseldorf, inspirado em uma história policial. No ano seguinte, lança O Testamento do Dr.Mabuse, a vida de um louco aprisionado em um manicômio que planeja destruir o mundo. Joseph Goebbels, ministro de Adolf Hitler e encarregado da propaganda nazista, vê no filme uma defesa do regime e, em 1934, convida o cineasta a supervisionar a produção cinematográfica nazista. Na mesma noite Lang foge para os Estados Unidos (EUA) e passa a trabalhar em Hollywood. Entre os filmes feitos nos EUA, estão Fúria (1936), Os Carrascos Também Morrem (1943) e O Diabo Feito Mulher (1952). Volta para a Alemanha Ocidental em 1957 e realiza alguns filmes, entre os quais Dr.Mabuse, o Diabólico, uma advertência contra o retorno dos regimes políticos totalitários. Morre em Los Angeles.



publicado por LUCIANO às 20:39