CARL ROGERS


Psicólogo norte-americano (8/1/1902-4/2/1987), criador da psicoterapia não diretiva, centrada no cliente. Carl Ransom Rogers nasce em Oak Park, Illinois. Entra para o Union Theological Seminary, em Nova York (1924), onde estuda por dois anos. Em seguida ingressa na Escola Normal da Universidade de Columbia, obtendo doutorado em psiquiatria. Enquanto estuda, trabalha na Associação para a Proteção à Infância, em Rochester. Torna-se diretor da entidade em 1930 e, no ano seguinte, recebe o PhD. A partir de 1935, dá aulas na Universidade de Rochester. Ensina também nas universidades de Ohio e de Chicago. Acredita que o paciente pode resolver suas dificuldades pela interação com um terapeuta receptivo. O psicólogo, de acordo com sua teoria, não deve conduzir a terapia, mas apenas supervisioná-la como sujeito passivo que ouve o cliente (ele questiona e abandona o termo "paciente"). Escreve Terapia Centrada no Cliente (1951). Entre 1957 e 1963, leciona na Universidade de Wisconsin, quando publica uma de suas obras mais conhecidas, Tornar-se Pessoa (1961). Muda-se para a Califórnia em 1963 e passa a ser membro do Centro de Estudos da Pessoa em 1968. Morre na cidade californiana de La Jolla.



publicado por LUCIANO às 13:02