FERNANDO HENRIQUE CARDOSO


Sociólogo e político fluminense radicado em São Paulo, Presidente da República (1995-2002).Fernando Henrique Cardoso (18/6/1931-) nasce na cidade do Rio de Janeiro. Filho de um general do Exército, muda-se para São Paulo aos oito anos. Forma-se em ciências sociais na Universidade de São Paulo (USP), faz pós-graduação na Universidade de Paris e leciona nas universidades de Nanterre (França), Cambridge (Reino Unido) e Stanford (EUA), entre outras. Publica 24 livros, dos quais se destacam Capitalismo e Escravidão no Brasil Meridional (1962) e Dependência e Desenvolvimento na América Latina (1970). Após o golpe militar de 1964, exila-se no Chile e depois na França. Volta ao Brasil em 1968 e torna-se professor de ciência política da USP. Meses depois é aposentado pelo Ato Institucional nº 5 (AI-5). Em 1978, é eleito suplente de Franco Montoro para o Senado pelo Movimento Democrático Brasileiro (MDB). Em 1983, ocupa o cargo quando Montoro assume o governo paulista. Em 1985, candidata-se pelo PMDB à prefeitura de São Paulo, mas perde para Jânio Quadros. Reelege-se senador em 1986 e, dois anos depois, participa da fundação do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB). É ministro das Relações Exteriores no governo Itamar Franco, de outubro de 1992 a maio de 1993. Assume a pasta da Fazenda e muda a moeda de cruzeiro para cruzeiro real em agosto do mesmo ano. Lança o Plano Real em julho de 1994. Vence a eleição presidencial de 1994 no primeiro turno, pela coligação PSDB e Partido da Frente Liberal (PFL), e é reeleito em 1998. No segundo mandato, marcado por turbulências no cenário econômico internacional e pressões sociais internas, FHC vê seus índices de popularidade despencarem. O balanço final de seu governo resulta em maior abertura da economia nacional ao capital estrangeiro, fortalecimento da imagem do Brasil ante a comunidade internacional e grande déficit social. Em 2003 passa a faixa presidencial para Luís Inácio Lula da Silva. Atualmente o ex-presidente cuida de sua ONG, o Instituto Fernando Henrique Cardoso, escreve um livro de memórias e reflexão sobre o poder e dá palestras em eventos empresariais.



publicado por LUCIANO às 20:55