JORGE STREET


Médico e empresário fluminense. Incentivador da industrialização nacional, é um dos fundadores da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).Jorge Luís Gustavo Street (22/12/1863-23/2/1939) nasce na cidade do Rio de Janeiro, filho do austríaco Ernesto Diniz Street e da brasileira Heloísa Street. Completa o curso secundário em Bonn, na Alemanha. Volta ao Brasil em 1880 e forma-se seis anos depois pela Escola de Medicina do Rio de Janeiro. Faz especializações em Paris, Berlim e Viena. Quando retorna ao Rio, recebe do pai ações da Fábrica de Jutas São João, mas continua a exercer a medicina até o casamento com Zélia Frias, em 1897. Dedica-se, então, à indústria. Em 1900 torna-se um dos diretores da Sociedade Auxiliadora da Indústria Nacional. É eleito secretário-geral do Centro Industrial do Brasil, em cuja diretoria permanece até 1927. Amplia suas atividades e, em 1914, constrói em São Paulo sua obra mais polêmica - a fábrica de tecidos Nova Zélia, junto da qual ergue, para uso dos operários, uma vila para centenas de famílias, com escola primária, biblioteca, ambulatório médico e odontológico e clube recreativo. É acusado de paternalista por alguns e considerado por outros um precursor de relações trabalhistas mais avançadas. Sua liderança entre os empresários é significativa, e em 1926 é eleito presidente do Centro das Indústrias de Fiação e Tecelagem de São Paulo. Dois anos depois ajuda a fundar o Centro de Indústrias do Estado de São Paulo, que na década de 30 se transforma na Fiesp. Nomeado diretor-geral do Departamento Estadual do Trabalho, em 1934, permanece no cargo dois anos e afasta-se por motivos de saúde. Morre em São Paulo aos 75 anos.



publicado por LUCIANO às 11:35