Paracelso

Médico e alquimista suíço-alemão, precursor da farmacologia moderna. Philippus Aureolus Theophrastus Bombastus von Hohenheim(1493-1541), ou Paracelso, que significa "superior a Celso" (referência a Aulo Cornélio Celso, famoso médico romano do século I), nasce em Einsiedein, perto de Zurique. Filho de médico, estuda medicina na Universidade da Basiléia e em Würzburg, também em Zurique, onde é aluno de Johan Trithemius, alquimista e astrólogo importante da época. Em 1526 torna-se professor da Universidade da Basiléia, mas é afastado do cargo por divergir das concepções médicas de seus contemporâneos. Em sua opinião, a medicina e a farmácia devem basear-se em leis físicas e químicas. Entende o corpo humano composto primariamente de sal, enxofre e mercúrio e atribui a ocorrência de doenças à separação desses elementos. Para tratá-las, elabora remédios à base de substâncias como ópio, ferro e enxofre. É perseguido por muitos anos antes de obter a proteção do arcebispo Ernst, de Salzburgo, na Áustria, em 1541. Vive ali até morrer. A obra Paramirum (1530-1531), na qual destaca a importância da observação clínica do paciente, é considerada um de seus principais trabalhos.



tags:
publicado por LUCIANO às 19:47