GEORGE WASHINGTON


Estadista norte-americano (22/2/1732-14/12/1799), primeiro presidente dos Estados Unidos. Nasce na Virgínia, filho de Augustine Washington, grande proprietário de terras, e de sua segunda esposa, Mary Ball Washington. Com a morte do pai em 1743, George vai morar com o meio-irmão Lawrence, cuja mulher pertence à proeminente família Fairfax. Sua influência, mais tarde, ajuda a carreira de George. Torna-se agrimensor e trabalha no levantamento topográfico da localidade. Em 1752, o irmão morre, George herda as terras do pai e começa a ganhar prestígio político no estado. Em 1753 participa da luta contra os franceses, que disputam com os britânicos a região do vale do Ohio, no estado de mesmo nome. Derrota os invasores e se elege deputado para o Parlamento da Virgínia (1759). Passa a atacar a política colonial britânica. Na guerra pela independência dos Estados Unidos, atua como comandante dos exércitos da colônia. Preside a Convenção Federal da Filadélfia, que elabora as regras constitucionais da nova nação, e assina a Constituição de 1787. Em 1789 é eleito o primeiro presidente dos Estados Unidos. Reelege-se em 1793, mas recusa-se a concorrer ao cargo pela terceira vez. Estabelece, assim, a norma de que o presidente norte-americano só deve exercer no máximo dois mandatos. Retira-se da vida pública em 1797. Em virtude da ameaça de guerra com a França, aceita o comando do Exército, que conserva até morrer, em Mount Vernon.



publicado por LUCIANO às 20:04