LUÍS DA CÂMARA CASCUDO


Escritor e folclorista potiguar. Um dos mais importantes pesquisadores das raízes étnicas do Brasil e autor do Dicionário do Folclore Brasileiro. Luís da Câmara Cascudo (30/12/1898-30/7/1986) nasce em Natal, onde começa a trabalhar no jornal do pai, A Imprensa. Entra para a faculdade de medicina na Bahia, mas é obrigado a abandonar a escola por falta de dinheiro. Em 1928 forma-se pela Faculdade de Direito do Recife e, no mesmo ano, conclui o curso de etnografia na Faculdade de Filosofia do Rio Grande do Norte. Dedica-se a escrever a história da cidade de Natal e a estudos nas áreas de folclore, etnografia, crítica literária e história. Cruza o folclore com a literatura pesquisando a influência de Dante Alighieri, de Don Quixote, de Miguel de Cervantes, e da literatura oral francesa na tradição popular do Brasil. Produz, em 1951, um importante trabalho sobre a ocupação holandesa no Rio Grande do Norte e, em 1954, o seu Dicionário do Folclore Brasileiro, a primeira reunião sistemática e crítica do acervo folclórico nacional. Em sua vasta obra destacam-se ainda Antologia do Folclore Brasileiro (1944), Superstições e Costumes (1958) e Coisas Que o Povo Diz (1968).



publicado por LUCIANO às 12:43