ERNEST HEMINGWAY


Escritor norte-americano (21/7/1899-2/7/1961). Um dos principais representantes do ciclo literário norte-americano iniciado nos anos 20, o da geração perdida. Famoso pelo estilo de vida aventureiro, sua biografia e obra têm como cenários touradas na Espanha, caça submarina em Cuba e safáris na África. Nascido em Oak Park, perto de Chicago, é fascinado pelo perigo e pela vida selvagem. Na juventude, decide não freqüentar a universidade e exerce o jornalismo, revelando a rebeldia que caracteriza sua vida. Leva para a literatura o estilo sintético do jornalismo. Nota-se essa concisão principalmente em obras que refletem sua experiência pessoal, como voluntário na I Guerra Mundial (1914-1918) e na Guerra Civil Espanhola (1936-1939) ou correspondente na II Guerra Mundial (1939-1945). Casado várias vezes, mora muitos anos em Cuba, tornando-se amigo de Fidel Castro. Em 1954 ganha o Prêmio Nobel de Literatura. Seus livros mais conhecidos são O Sol Também se Levanta (1926), Adeus às Armas (1929), Por Quem os Sinos Dobram (1940) e O Velho e o Mar (1952). Grande parte de seus contos e romances é levada ao cinema. Suicida-se com um tiro, assim como havia feito seu pai.



publicado por LUCIANO às 19:04