Roquette-Pinto


Antropólogo fluminense. Um dos pioneiros da radiofonia e televisão no país. Fundador da Rádio Ministério da Educação e Cultura.Edgard Roquette-Pinto (25/9/1884-18/10/1954) nasce na cidade do Rio de Janeiro. Formado pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, escreve seu primeiro trabalho, Os Sambaquis, em 1906, ainda como assistente de antropologia no Museu Nacional. Durante o período de 1907 a 1908, participa da missão Rondon, explorando o noroeste de Mato Grosso. Realiza, em 1912, uma expedição para reunir dados sobre os índios parecis e nhambiquaras da região entre o rio Madeira e Juruena, descrita no livro Rondônia (1917). Nessa expedição faz uso pioneiro de câmeras e aparelhagem de som para documentação etnográfica. Em 1923 funda a Rádio Sociedade do Rio de Janeiro (mais tarde Rádio Ministério da Educação e Cultura) e a Rádio Escola Municipal da prefeitura do Distrito Federal (depois Rádio Roquette-Pinto). Em 1926 torna-se diretor do Museu Nacional. Expõe sua visão otimista do Brasil em Seixos Rolados (1927) e Ensaios de Antropologia Brasiliana (1933). Em 1937 funda e dirige o Instituto Nacional do Cinema Educativo, mesmo ano em que orienta a parte histórica do filme O Descobrimento do Brasil. Em 1940 grava o documentário Argila, sobre a arte marajoara. Torna-se membro da Academia Brasileira de Letras e um dos fundadores do Partido Socialista Brasileiro.



publicado por LUCIANO às 04:38