Francisco Rebolo Gonzales

Pintor paulista (22/8/1902-1980). Um dos mais importantes paisagistas brasileiros do século XX. Francisco Rebolo Gonzales nasce em São Paulo. Aos 13 anos emprega-se como aprendiz de decorador. Pinta detalhes das igrejas de Santa Ifigênia e Santa Cecília. Algum tempo depois se matricula na Escola Profissional Masculina do Brás. Em 1917 começa a carreira de jogador de futebol semiprofissional. Cinco anos mais tarde é contratado pelo Corinthians, integrando a equipe que conquista o título de Campeão do Centenário. Mantém, paralelamente, as atividades de jogador e decorador, abandonando o futebol apenas em 1934, ano em que começa a pintar. Integra, juntamente com Alfredo Volpi, Mário Zanini, Fúlvio Pennacchi, Manoel Martins, Humberto Rosa, Aldo Bonadei, Alfredo Rizzotti e Clóvis Graciano, o Grupo Santa Helena, que desenvolve, intuitivamente, um projeto estético baseado na pintura ao ar livre e na captação de cores e cenas dos arredores de São Paulo. Participa de exposições coletivas e individuais, no Brasil e no exterior, alcançando grande sucesso de crítica. Em 1948 toma parte na criação do Museu de Arte Moderna de São Paulo e, em 1951, expõe na 1ª Bienal Internacional de Arte de São Paulo. Passa os anos seguintes pintando e organizando exposições. Em 1972, aos 70 anos faz o painel para o Senado Federal. Morre em São Paulo.



publicado por LUCIANO às 17:21