FRANZ SCHUBERT


Compositor austríaco (31/1/1797-19/11/1828). Sua obra é considerada um marco da transição do classicismo para o romantismo. Nascido em Himmelpfortgrund, em uma família modesta mas que cultiva o gosto musical, Franz Peter Schubert recebe suas primeiras instruções de música do pai e do irmão. Canta na capela imperial e recebe aulas de Wenzel Ruzicka e Antonio Salieri. Entre 1813 e 1815, compõe várias obras que chamam a atenção de grandes músicos. Conhece Franz von Shober e em 1817 vai morar na casa da mãe do amigo, onde trava contato com pessoas influentes, como o barítono Johann Michael Vogl. Sua reputação começa a crescer. Em 1820, a opereta Die Zwillingsbrüder (Os Irmãos Gêmeos, 1819) é encenada em Viena. Em 1822, compõe a Sinfonia Inacabada em Si Menor, que, juntamente com a Sinfonia nº 7 em Dó Maior (1828) e os improvisos op. 142 (1827), torna-se uma de suas obras mais famosas. Em 1824, adoece e provavelmente tem distúrbios mentais. Ainda assim continua compondo. Em 1826, assume o lugar de kapellmeister (diretor musical da Corte), mas não obtém sucesso. Morre dois anos depois, em Viena, talvez devido ao tifo causado por água contaminada.
publicado por LUCIANO às 11:08