Sérgio Cardoso


Ator paraense. Um dos mais importantes nomes da história do teatro no Brasil no século XX. Sérgio Cardoso da Fonseca Matos (23/3/1925-18/8/1972) nasce em Belém. Com 1 ano de idade muda-se com a família para Portugal e retorna ao Brasil nos anos 30. No Rio de Janeiro, onde passa a viver, interessa-se por teatro ainda no colégio. Chega a matricular-se em direito na Pontifícia Universidade Católica, mas abandona o curso para freqüentar o Teatro Universitário. Estréia no teatro em 1948 como protagonista de Hamlet. No início da década de 50 muda-se para São Paulo e ingressa no elenco estável do Teatro Brasileiro de Comédia. Nessa época, destaca-se pela plasticidade da voz e elegância de movimentos ao atuar em Entre Quatro Paredes, de Jean-Paul Sartre, e Seis Personagens à Procura de um Autor, de Pirandello. Em 1954 funda uma companhia própria junto com a esposa, a atriz Nydia Lícia, e em 1956 inaugura seu Teatro Bela Vista (atual Teatro Sérgio Cardoso, em São Paulo). No começo da década de 60 separa-se de Nydia e encerra a companhia. Segue-se um período de isolamento do ator que só acaba em 1964, quando estréia sua primeira novela na TV, O Sorriso de Helena. Recupera a popularidade nos anos seguintes, mas morre sem realizar seu principal desejo: voltar aos palcos.



publicado por LUCIANO às 12:30