JORGE GERDAU


Empresário fluminense. É o dono da maior empresa privada de siderurgia do Brasil, a Gerdau. Jorge Gerdau Johannpeter (8/12/1936-) nasce no Rio de Janeiro, filho de descendentes de alemães. Aos 14 anos, começa a trabalhar como operador de máquinas na fábrica de pregos do avô, em Porto Alegre (RS). Nessa época, em virtude da dificuldade para obter matéria-prima por causa da II Guerra Mundial, seu pai decide comprar a Siderúrgica Riograndense. Em 1961, Jorge forma-se em direito, passa a auxiliar o pai na condução dos negócios e, mais tarde, adquire a Fábrica de Arames São Judas (SP), a Siderúrgica Aço Norte (PE) e a Companhia Siderúrgica da Guanabara. Depois de passar por várias áreas da empresa, assume a presidência em 1983. Inicia a expansão de seus negócios para o exterior com a compra da Siderúrgica Laisa, no Uruguai. Além de presidente do conselho diretor, Gerdau coordena a Ação Empresarial Brasileira, movimento formado pelas principais instituições empresariais do país e praticipa de várias outras instituições de classe e governamentais. Uma das maiores forças mundiais da siderurgia, a Gerdau é atualmente um grupo siderúrgico com unidades no Brasil, Argentina, Canadá, Chile e Estados Unidos, que ocupa a 11ª posição no ranking mundial de produtores de aço e é capaz de produzir 14,7 milhões de toneladas de aço por ano. Em 2003 o Grupo Gerdau fatura R$15,8 bilhões. Casado, pai de cinco filhos e avô de oito netos, Jorge Gerdau Johannpeter é um dos pioneiros do surfe no sul do país, na década de 50. Herda do pai o amor pelo hipismo, esporte que pratica desde os 9 anos. Como criador da raça holsteiner, tem dois cavalos premiados com medalhas de bronze nas Olimpíadas de Atlanta (1996). Um dos cavaleiros vencedores é o filho André, que volta a receber o bronze olímpico em Atenas (2004), no salto por equipes.



publicado por LUCIANO às 11:43