Werner Herzog


Cineasta alemão (5/9/1942-). Um dos grandes nomes do moderno cinema alemão, com Rainer Fassbinder e Wim Wenders. Nasce em Munique, de família pobre, e estuda história e literatura em sua cidade natal. Em 1957, aos 15 anos, escreve o primeiro roteiro. Em 1969, chama a atenção da crítica européia com o filme Sinais de Vida, que relata o drama de três soldados alemães perdidos na Grécia. Mais tarde, recebe uma bolsa para estudar nos Estados Unidos (EUA). Filma em diversos países: Peru, onde roda Aguirre, a Cólera dos Deuses (1972); Brasil, Fitzcarraldo (1981); Irlanda, Coração de Cristal (1976); e Holanda e Tchecoslováquia, de onde vêm, respectivamente, Nosferatu e Woyzeck (1978). Em 1974, escolhe para título original de seu filme O Enigma de Kaspar Hauser a frase "cada um por si e Deus contra todos", do livro Macunaíma, de Mário de Andrade. Em 1983, filma Onde Sonham as Formigas Verdes, em que toma a defesa dos aborígines da Austrália contra as companhias de mineração. Outro filme de destaque é Cobra Verde, de 1987. No início dos anos 90, publica o roteiro de seus filmes. Em 1999 lança Meu Inimigo Particular, dedicado ao falecido ator Klaus Kinski, estrela de muitas de suas produções. Criador prolífico, dirige em média um filme por ano, tanto de ficção como também documentários.

publicado por LUCIANO às 06:12