CRISTÓVÃO JACQUES

EXPEDIÇÃO DE CRISTÓVÃO JACQUES
Navegador português. Comandante das expedições iniciais de vigilância da costa brasileira, é o primeiro a propor o povoamento do país por Portugal.Cristóvão Jacques (1480-c. 1530) nasce no Algarve. Filho bastardo do nobre Pero Jacques, é legitimado por dom João II e, depois, recebe de dom Manuel o título de fidalgo da Casa Real. Vem pela primeira vez ao Brasil, em 1503, na frota do explorador Gonçalo Coelho. Entre 1516 e 1519 percorre a costa brasileira no comando de duas caravelas para proteger o território contra as investidas dos franceses que, desde 1504, contrabandeavam pau-brasil. Em 1521 funda a feitoria de Itamaracá, em Pernambuco, e segue para o sul, até o rio da Prata, retornando em seguida a Portugal. Após receber denúncias de que navios corsários franceses estavam a caminho do Brasil, dom João III convoca Cristóvão Jacques, que viaja em 1526 com outra expedição de defesa da colônia. Antes de partir, recebe o título de governador das partes do Brasil - responsável pelos diversos aldeamentos que se espalham pelo litoral brasileiro e quase não mantêm comunicação entre si. Localiza os corsários na Bahia, onde travam um sangrento combate. Informado das brutalidades cometidas pelas tropas de Jacques, que matam todos os franceses, dom João III o destitui e determina seu imediato regresso a Portugal. O navegador tenta convencer o rei de que a única maneira de garantir a posse da terra e acabar com o contrabando é iniciar efetivamente a colonização. Oferece-se para começar a ocupação, mas sua proposta não é aceita. As repercussões negativas da batalha no Brasil fazem-no perder prestígio em Portugal, onde morre no esquecimento.
publicado por LUCIANO às 10:39