Maximilien de Robespierre

Revolucionário e político francês. Maximilien François Marie Isidore de Robespierre (6/5/1758-28/7/1794) nasce em Arras, numa família da pequena nobreza. É criado pelos avós paternos. Com uma bolsa de estudos, forma-se em direito em Paris. Advogado do povo, luta contra o absolutismo real e a arbitrariedade da justiça. Ganha admiração por sua austeridade e dedicação, o que lhe vale o apelido de "incorruptível". Começa a carreira política, aos 30 anos, como deputado na Assembléia dos Estados Gerais, convocada por Luís XVI às vésperas da Revolução e embrião da Assembléia Nacional Constituinte, da qual ele também participa. Influenciado pelas idéias do filósofo iluminista Jean-Jacques Rousseau, defende uma pauta inovadora para a época, que inclui sufrágio universal com eleição direta, educação gratuita obrigatória e imposto de renda progressivo. Na Assembléia, torna-se líder do partido jacobino, facção política radical que defende os interesses da pequena burguesia e dos sans-culotte (artesãos e camponeses), e ganha o controle do governo. Tenta implantar à força uma democracia popular. É o Período do Terror (junho de 1793 a julho de 1794), marcado pela repressão violenta a qualquer crítico do novo regime, como o ex-aliado Georges-Jacques Danton, executado em 1794. Seu radicalismo provoca uma conspiração entre os dissidentes do partido. Tenta o suicídio, mas morre guilhotinado em Paris.


publicado por LUCIANO às 12:32