Tiradentes


Soldado mineiro. Único integrante da Inconfidência Mineira, movimento pela independência do Brasil, a ser executadoJoaquim José da Silva Xavier (1746 - 21/4/1792) nasce em São João del Rei. Órfão de mãe desde os 9 anos e de pai a partir dos 11, é criado pelo padrinho em Vila Rica, atual Ouro Preto. Exerce os ofícios de tropeiro, minerador e dentista – de onde vem o apelido Tiradentes. Entra na conspiração depois de se tornar alferes (o equivalente a soldado na época) do Regimento dos Dragões de Minas Gerais. Como não tem ligação familiar com a aristocracia local, é sistematicamente preterido nas promoções. Passa a fazer parte da Inconfidência Mineira após conhecer Domingos Barbosa e José Alvares Maciel, dois outros integrantes do movimento, no Rio de Janeiro. Adere a ele com energia e vigor e se torna uma figura bastante atuante desde o início. Hábil na comunicação, ajuda a organizá-lo, até ser preso, em 1789, data em que a conspiração é descoberta. O processo contra os inconfidentes arrasta-se até 1792 e termina com a condenação à forca de 11 dos réus e à prisão perpétua e ao açoite dos demais em praça pública. De todos os condenados à morte, somente Tiradentes é executado. Enforcado no Rio de Janeiro em 21 de abril de 1792, seu corpo é esquartejado e a cabeça exposta na praça central de Vila Rica. A pena inclui ainda a queima total de sua casa e tanto ele quanto seus descendentes passam a ser considerados infames.


publicado por LUCIANO às 05:09