Paul Valéry


Poeta, ensaísta e crítico francês (30/10/1871-20/7/1945). Expoente do simbolismo na poesia, destaca-se pelo pensamento filosófico, sociológico e político. O poema que o torna famoso é La Jeune Parque (A Jovem Parca, 1917), obra que leva cinco anos para ser elaborada. Amborise-Paul-Toussand-Jules Valéry nasce em Sète, cidade portuária no departamento de Hérault, e estuda na Faculdade de Direito de Montpellier. Em 1893 muda-se para Paris e conhece o poeta Stéphane Mallarmé, de quem fica amigo. Quando publica o poema La Jeune Parque, em 1917, tem reconhecimento imediato. Entra para a Academia de Letras, publica livros de poesia e prosa, faz conferências. Sua vida intelectual é dividida, de forma esquemática, em três fases: de 1890 a 1892, período dedicado à poesia; de 1892 a 1917, época em que não há produção; e de 1917 até sua morte, quando escreve Charmes (1922), Variété (1924-1944) e outras obras de caráter reflexivo. Quando Valéry morre, em Paris, Charles de Gaulle, então líder do governo provisório francês após a expulsão das tropas de ocupação nazistas, insiste para que sejam celebradas honras fúnebres nacionais na cidade natal do poeta.



publicado por LUCIANO às 19:32