JIMMY CARTER


Político norte-americano, 39º presidente dos EUA (1977-1981), ganhador do Prêmio Nobel da Paz em 2002. James Earl Carter Jr. (1/10/1924-) nasce em Plains, no estado da Geórgia. Na infância, trabalha duro na lavoura de amendoim da família. Gradua-se pela Escola Naval de Anapollis, Maryland; neste mesmo ano, 1946, se casa com Rosalynn Smith, com quem teria três filhos. Serve à Marinha por sete anos. Com a morte do pai, deixa a vida militar para cuidar dos negócios familiares. Entra para a política em 1962 e, oito anos depois, elege-se governador da Geórgia. Reconhecido pelo caráter íntegro e pelos princípios humanistas, enfatiza a ecologia, a eficiência do estado e a tolerância racial em seu governo. Em 1976 elege-se presidente pelo Partido Democrata, derrotando o canditato à reeleição, Gerald Ford. A gestão de Carter é marcada por grandes desafios decorrentes de um tumultuado cenário mundial. No âmbito doméstico, enfrenta crise do petróleo, aumento do desemprego e da inflação. No âmbito internacional, em que atua como defensor dos direitos humanos e pacificador, obtém, em princípio, expressivas vitórias como a assinatura do acordo de Camp David , em 1978. Depois, sofre duros reveses com a invasão russa ao Afeganistão e com a detenção dos funcionários norte-americanos da embaixada dos EUA no Irã, que durou os 14 últimos meses de seu mandato. Apesar de seus esforços, Carter não consegue a libertação dos reféns. A opinião pública norte-americana, descontente com a inoperância do presidente nesse assunto e com a situação econômica do país, precipita a demissão de Carter do cargo em 1981. No mesmo dia de sua saída da Casa Branca, o Irã liberta os reféns. Afastado do governo, cria a Fundação Carter, em Atlanta (Geórgia), e começa a desenvolver um trabalho de bastidores em defesa da democracia, da paz e dos direitos humanos. Envolve-se com negociações diplomáticas nas Coréias, na Bósnia-herzegóvina, no Haiti, no Oriente Médio. Em 2002 ganha o Prêmio Nobel da Paz pelo trabalho que vem desempenhando desde sua entrada na Casa Branca. Jimmy Carter é o terceiro presidente norte-americano a receber esse prêmio. Os outros são Wodrow Wilson e Theodore Roosevelt. Em 2003, envolve-se na crise política da Venezuela. Atualmente, Carter escreve um romance histórico.



publicado por LUCIANO às 11:55